Tradução (Translate)

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O FUTURO ESTÁ NO CAMPUS


As discussões continuam por essa blogosfera fora sobre o jogo Benfica-Barcelona... "o Benfica jogou bem... o Barcelona teve sorte... tivemos azar... fomos inferiores..." enfim, este jogo não tem discussão possível, levamos um autêntico banho de bola.
O Benfica não teve muitas hipóteses, aliás como todas as equipas que já defrontaram o Barça... na minha opinião só o Real Madrid tem equipa e treinador para este Barcelona e mesmo assim já levou 5-0.
Vi o jogo Benfica-Barcelona ao vivo e fiquei pasmado com a equipa do Barcelona, são muitos anos de trabalho e neste momento são de longe a melhor equipa de futebol da actualidade.
Tacticamente são inigualáveis.
Emocionalmente controlam todas as situações de jogo.
Tecnicamente têm os melhores executantes do mundo... passe e recepção de bola como eu nunca vi.
Tem o melhor jogador do mundo (Messi)... e o terceiro (Iniesta) e o quarto (Xavi) e o quinto (Fabregas) e o por ai adiante...
Não têm lugares fixos em campo, as marcações são praticamente impossíveis.
Por vezes a táctica do Barcelona em pleno Estádio da Luz, foi algo parecido a 0-10-0... eram um autêntico bloco, onde todos defendiam e todos atacavam.
O que eu chamo de jogo passivo... com trocas de bola longínquas e irritantes, ao mínimo erro de posicionamento táctico ou emocional do adversário, surge um ataque letal para as equipas que os defrontam... são fantásticos.
De facto, na minha opinião, só Mourinho e o seu Real Madrid poderão fazer frente a este Barcelona, como de resto tem acontecido... vou seguir o "El Clasico" deste fim de semana ainda com mais interesse.
Ou muito me engano ou este estilo de jogo vai mudar a história do futebol... se já não mudou.
O meu desejo é que o Benfica, com o trabalho que está a ser desenvolvido na Caixa Futebol Campus, consiga num futuro próximo chegar a algo parecido a nível de qualidade e mentalidade do Barcelona, onde apostem na prata da casa e desenvolvam um futebol único... com identidade.
Isto parece-me possível e bastante real, até por os resultados que temos tido nos últimos anos na Youth Cup contra os miúdos do Barcelona... o nosso trabalho tem qualidade, mas obviamente quando se passa para os patamares do futebol profissional as exigências são outras... vamos ver se o Benfica tem essa capacidade ou não... com trabalho e persistência é possível.

2 comentários:

  1. Não acho o futebol do Barcelona o mais total e completo do mundo, até porque acho que eles têm um estilo de jogo demasiado optimizado para jogar contra equipas fechadas.

    Aliás, sempre que o Real Madrid foi igual a si próprio, i.e., não ficou só atrás no seu jogo, o Barcelona sempre teve mais dificuldades, pois o Real conseguiu levar o jogo para momentos onde o Barça é menos forte.

    De qualquer maneira, a filosofia futebolística deles é algo que nós podemos aprender e melhorar. Nunca copiar, pois as cópias nunca são como as originais...

    Gostei imenso do teu artigo Biscai@!

    ;)

    ResponderEliminar
  2. Não me parece que o modelo do Barça vá mudar a história do futebol. Porque não me parece que este modelo possa ser copiado ou imitado. Se não o pode ser não vai influenciar outras equipas e o futebol em geral. Até porque, o modelo de jogo do Barça assenta em ideias antigas. Posse de bola e boa circulação desde a defesa sempre foi uma ideia cultivada pelas boas equipas. O Barça levou esta ideia simples até ao extremo mas não fez nada de novo. A grande diferença são os executantes que permitem executar uma ideia antiga como nunca antes. Talvez o mais original seja jogar sem um ponta de lança. Mas mesmo assim ainda tentaram com o Ibrahimovic. Mas sobrevivem sem um ponta de lança clássico porque têm vários médios com enorme capacidade de finalização.

    Portanto o modelo depende mais dos executantes que o contrário, e é por isso que a Espanha consegue ter um estilo parecido, mesmo sem contar com Messi. É por isso que a Argentina não tem "nada" mesmo contando com Messi. Falta saber se o Barcelona vai conseguir substituir as peças e molda-las o suficiente para o fazer durar.

    ResponderEliminar