Tradução (Translate)

domingo, 5 de janeiro de 2014

JAN OBLAK MERECE A TITULARIDADE


Finalmente o Benfica venceu e convenceu contra o Gil Vicente num Estádio da Luz ás moscas para mais uma eliminatória da Taça de Portugal... Jorge Jesus voltou ao 4-4-2 bem interpretado e jogado com as devidas compensações defensivas no meio-campo, que com estas equipas de menor intensidade e dimensão acaba por ser demolidor... este sistema táctico não me parece o mais indicado para defrontar o FC Porto na próxima jornada do campeonato nacional... veremos se o treinador encarnado volta ao 4-3-3!
A defesa do Benfica vinha sofrendo golos há muitos jogos consecutivos, alguns deles inexplicáveis e com erros de palmatória do guardião Artur, que entretanto se lesionou no Algarve frente ao Olhanense, já depois de dar mais um tremendo frango na baliza encarnada após um remate do meio-campo do adversário... Oblak assumiu a titularidade e gostava de saber quantos guarda-redes na história do Benfica tiveram uma estreia tão auspiciosa na baliza encarnada, mas isso deixo para os estudiosos das estatísticas. O jovem esloveno não só não sofreu qualquer golo na baliza do Benfica, como conseguiu recuperar a estabilidade emocional da defesa encarnada e conseguiu um feito que parecia impossível até há muito pouco tempo atrás... manter a baliza encarnada inviolável por três jogos consecutivos!
Infelizmente Jorge Jesus afirmou após o jogo contra o Gil Vicente que Oblak não foi verdadeiramente posto há prova, o que eu discordo por completo... não é fácil aos 20 anos de idade assumir a baliza do gigante Benfica, não sofrer golos e transformar lances em que Artur tremia e falhava, em lances de tranquilidade absoluta para a defesa encarnada... Jan Oblak esperou por a sua oportunidade e ganhou a titularidade a Artur, estas são as regras do futebol que Jorge Jesus não pode nem deve ignorar!
Os ouvidos moucos que toda a estrutura do Benfica tem brindado os seus adeptos, tem deixado os benfiquistas à beira de uma ataque de nervos... depois das teimosias de Jorge Jesus com César Peixoto, Roberto, Emerson e Roderick, o treinador volta a não ouvir ninguém, volta a ignorar o óbvio e afirmou logo após o jogo da Taça de Portugal que Artur será o titular contra o FC Porto... uma chapada inexplicável e muito pouco inteligente no jovem guardião esloveno, que não merecia tal falta de consideração!
Se realmente se confirmar a titularidade de Artur no clássico do próximo fim de semana, o guardião brasileiro estará sobre uma pressão tremenda que infelizmente não tem conseguido suportar nos momentos preponderantes das épocas em que está ao serviço do clube... temo por o Benfica, quando a equipa dá sinais de estar a recuperar a confiança em si própria!
Fica também por explicar o desaparecimento de André Almeida e André Gomes das convocatórias de Jorge Jesus, que inexplicavelmente deixou cair os dois jovens de uma forma muito pouco ortodoxa e que pode deixar marcas profundas no futuro destes dois atletas!
Veremos se depois de uma boa vitória, Jorge Jesus e a direcção encarnada não estragam uma equipa que tem estado em franca recuperação nos últimos jogos... se Nemanja Matic for vendido neste mercado de transferências, será um tremendo tiro no pé... veremos!

Sem comentários:

Enviar um comentário