Tradução (Translate)

sábado, 1 de fevereiro de 2014

2 PONTOS ESTUPIDAMENTE PERDIDOS!

Cardozo falha penalti nos descontos contra o Gil Vicente

O Benfica perdeu mais dois pontos na caminhada que se espera ser a do título de campeão nacional... eu pessoalmente não gostei das opções de Jorge Jesus antes e durante a partida, pois mais uma vez congelou num momento decisivo do campeonato... após o golo de Lima de grande penalidade o treinador encarnado deveria ter equilibrado imediatamente a equipa ao colocar Rúben Amorim a defesa lateral, nem que para isso tivesse de trocar com Maxi Pereira... não ter convocado qualquer defesa lateral para o banco acabou por ser um tremendo erro de Jesus!
Não querendo fazer de advogado do diabo, pareceu-me óbvio que não deveria ter sido Cardozo a marcar o penalti decisivo... Cardozo está parado há muito tempo e está longe da sua melhor forma!
A comunicação de Jesus continua a ser de bradar aos céus... o treinador do Benfica após ter perdido dois pontos com o frágil Gil Vicente, não pode afirmar que ganhou um ponto ao rival... que eu saiba a luta é a três e se o Sporting ganhar fica em igualdade pontual com o Benfica antes do derbi na Luz!
Uma nota para Siqueira e Oblak... o brasileiro está longe de me convencer e o esloveno falhou pela primeira vez ao serviço do Benfica!
Enfim... mais uma tremenda desilusão deste Benfica que teima em falhar nos momentos cruciais da temporada... um dia para esquecer, fomos derrotados no hóquei a 2 segundos do fim e perdemos 2 pontos em Barcelos... mau demais para ser verdade!
A pressão está agora do lado do Sporting, veremos se conseguem vencer a Académica de Coimbra em Alvalade.

12 comentários:

  1. O Clube do Luis Flop Vieira e do Joelhos é isto e não passa disto...ou seja por uma coisa ou por outra..ou apenas são mesmo uns pé frios a verdade é que não passa disto.

    ResponderEliminar
  2. Papoilas,

    Amigo, então?! O Amorim entrar para lateral esquerdo?? Eu também fazia com que ele entrasse em campo, mas não para lateral esquerdo. Teria tirado do terreno de jogo o Markovic, que até já tinha um amarelo e andava a ser ele um dos elementos que mais faltas andava a fazer a meio-campo do nosso lado.

    Com isso, tentaria estancar a zona do meio-campo. O Jesus preferiu partir o jogo, pois pensou que o João de Deus e o seu Gil não conseguiria trocar a bola de tal forma a chegar com real perigo no último terço do terreno. Eles chegaram e ganharam um pontapé de canto. E na consequência desse canto surgiu o golo deles, por falta de melhor cobertura frontal... advinha de quem? Markovic... ;)

    Cardozo e Ivan Cavaleiro só deveriam entrar depois... Primeiro o Ivan... tiraria o Rodrigo, pois o Ivan poderia jogar tanto a avançado como ala. Depois nos últimos 5 ou 10 minutos, dependendo do resultado, tirava o desgastado Enzo (ou até mesmo o Fejsa recuando o Amorim para lançador) e metia o Cardozo, para um jogo mais directo e à procura das segundas bolas, uma vez que o estado do "relvado" (chamar aquilo disso é um elogio, pois mais parecia um batatal) não permitia trocar a bola com eficácia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo o que dizes, mas tinha colocado Maxi a defesa esquerdo e tinha tirado o Lima e colocado o Ruben a defesa direito... jogaria apenas com um avançado com 10 jogadores em campo.
      Fica outra questão... porque a não convocatória de um defesa lateral para o banco e quatro defesas centrais na convocatória... na alta competição qualquer erro se paga muito caro.
      Infelizmente Oblak deu um tremendo frango... infelizmente é verdade, a baliza do Benfica é de facto muito pesada!

      Eliminar
    2. Essa é simples Papoilas, quer dizer, eu acho! :P

      E tem haver um pouco com a leitura que acho que o Jesus fez do jogo, ou seja, que o João de Deus não iria ter equipa para chegar lá à frente.

      Se formos a ver o último encontro do Gil, em que não fizeram qualquer remate, não havia necessidade de ter laterais no banco. A ter-se que adaptar um, seria um dos extremos, sobretudo o Gaitán, como acabou por ser, por razões diferentes. Eu cá para mim, o Jesus pensou, se tiver a 15 minutos do fim e o resultado tiver empatado, tiro um lateral e meto o Gaitán... tal como ele fez noutro jogo do campeonato... que por acaso também acabou empatado, lembras-te?

      Deixou o Jardel na convocatória e no banco, para uma eventualidade - lesão de um dos centrais, ou expulsão de um deles. Steven ficou na bancada por opção... se calhar até treinou bem durante a semana e mereceu a convocatória, embora prefira que se não joga na equipa principal e é a 4ª opção que faça jogos na B...

      Depois as restantes opções... só ofensivas.

      Epá, ó Papoilas, tu e o Fura, também estão a ser tramados com o Oblak... a palavra "frango" é muito pesada. É que uma pessoa que não viu o jogo, mas tinha visto o frango do Rui Patrício na Luz, pode pensar algo de muito errado do esloveno... :P

      Eliminar
    3. @pp "Eu cá para mim, o Jesus pensou," como se diz na minha terra a pensar morreu um burro que no fundo é aquilo que é este treinador.
      focas num ponto que vem muito de encontro aquilo que eu penso este treinador já tem as substituições definidas antes do jogo e é com base nisto que faz as escolhas de quem vai para o banco e depois fica com as calças na mão quando existem imprevistos.

      Eliminar
    4. João Carlos,

      É normal que um treinador já tem em mente que tipo de substituições tem planeado:
      1º - porque faz parte de um plano B que tenha treinado durante a semana;
      2º - porque pode já estar a pensar em gerir o esforço dos jogadores, afinal é um treinador de uma equipa que joga 3 vezes por semana, ao contrário de outros;
      3º - porque preparando está a pensar nos vários cenários que podem ocorrer e a sua decisão teoricamente é bem mais rápida e eficaz.

      O problema do Jesus foi ter avaliado mal o potencial do adversário e o nosso potencial. Ele pode não ter estado muito bem no banco, mas mesmo assim não te posso garantir que a receita que coloquei acima também venceria o jogo, apesar de eu ficar bem mais confiante que sim...

      ;)

      Eliminar
    5. 1- não tem mal ele ter um plano b preparado e ter jogadores no banco para isso não pode é sacrificar esse banca de modo a que não tenha opções para o imponderável.
      2-ele só pode fazer isso se estiver a ganhar confortavelmente ele tem de ter as opção considerando tudo o que pode acontecer no jogo depois entre jogadores que fazem varias posições pode escolher este ou aquele considerando também as poupanças que possam ser feitas.
      3- pelo contrario ele não preparou vários cenários ele só preparou um no máximo dois, estar a ganhar confortavelmente e poupar jogadores, e não estar e reforçar o ataque, não estava preparado para uma expulsão como aconteceu mas também poderia ter sido uma lesão de um dos laterais.
      pelo contrario o jejum avaliou muito bem o potencial do adversário, eles só fizeram um remate à nossa baliza e só tiveram mais dois remates com algum perigo um para fora o outro o corte que deu o canto que foi golo, todos tiveram origem em faltas do gaitan quando jogava a defesa esquerdo, o que ele não avaliou ou sequer esteva precavido foi para a expulsão ele nunca esta preparado para responder aos imponderáveis do jogo.
      ele ate podia ter o silvio no banco podia o ter feito entrar e ter sofrido o golo na mesma mas ai não tínhamos nada a criticar tinha feito tudo o que podia, podes ver por varias opiniões e não são à posteriori que após o primeiro golo o lógico era equilibrar a equipa, por tudo porque estavas com menos um, pelo estado do relvado, qualquer um viu isso menos o treinador, não estou a criticar ele ter mantido o gaitan a defesa esquerdo enquanto estava 0-0 eu se calhar poderia ter feito diferente mas não posso criticar um treinador por arriscar quando precisa de ganhar, agora arriscar quando estas a ganhar é estupidez.
      podia não ter resultado podia mas era o mais lógico a fazer alias era o mais inteligente a fazer mas isso já é pedir muito ao jejum.

      Eliminar
  3. Estou de acordo com o comentário.
    Dois pontos perdidos de uma maneira verdadeiramente estupida. eu sei que o batatal estava difícil para jogar futebol, mas depois de estar a ganhar o Jorge Jesus mais uma vez é reativo, apenas muda e reage após ter sofrido um golo. A equipa não soube segurar um jogo que estava a correr bem.
    Em relação ao defesa Siqueira, teve um comportamento de um miúdo, então depois de ter sido amarelado o rapaz não soube colocar na sua cabeça que não poderia fazer uma falta daquelas???.
    Eu sei que estamos em primeiro e no próximo domingo recebemos o sporting e podemos ganhar mas para mim, J. Jesus é um bom treinador mas o seu ciclo no Benfica já esta FINITO.

    ResponderEliminar
  4. Após o golo do Lima, e depois daquela converseta toda com o Rúben Amorim, ainda pensei que o mestre da táctica, - (que continuo a achar o 2º melhor treinador nacional, excepto em 2 pontos fulcrais, a comunicação e o equilíbrio da equipa) - desta vez o colocasse, por óbvia necessidade a DD e mudasse o Maxi a fechar e a equilibrar à esquerda.

    A escolha do jogador 'em falta' teria de ser entre o Lima e o Rodrigo, até para ver o que o jogo daria. A entrada do Cardozo, e não digo isso por ter falhado o penálti, só se justificaria se estivéssemos empatados.

    Mas eu não entendo nada de bola, só estou todo phodido. Nunca aproveitamos em pleno estas escorregadelas, para dar o safanão definitivo!

    Espero que não falhem deste modo, contra o lagartame.

    O resto foi o 'futeluso', o batatal e alguma inabilidade (não há ninguém que faça um remate em condições fora da área!) dos nossos numa e noutra balizas. E não estou a referir-me a cada uma das duas partes...!

    ResponderEliminar
  5. Nós é que não aguentamos a pressão...dizia o jesus que não sabia o resultado do jogo do porto...É MENTIRA....dizia Lima que não sabia o resultado do jogo do porto....É MENTIRA....dizia jesus que lima e cardozo combinaram quem ia marcar o penalti....É MENTIRA foi jesus que deu a ordem....

    ANDAMOS A SER COMIDOS POR TREINADORES QUE PASSAM A VIDA A ENVERGONHAR OS SÓCIOS E ADEPTOS! AINDA POR CIMA É....MENTIROSO

    ResponderEliminar
  6. Não quero saber se devia entrar aquele para sair o outro.

    Não sei porquê mas passei a semana a dizer que os miúdos, suplentes e Bbs do Benfica tinham ganho, embora escassamente, na outra semana, a este Gil Vicente, sem lhes darem a mínima hipótese, o que poderiam era ter ganho por 3 ou 4. Daí, eu vinha dizendo, que o Benfica com uma equipa dita mais adulta mas naturalmente menos ambiciosa que os putos são quando lhes dão oportunidades destas, me deixava menos confiança que o Benfica ambicioso e lutador da semana passada !!! Só isso....

    ResponderEliminar
  7. O Benfica demonstrou que nos momentos decisivos nunca ganha porque existe sempre uma pessoa com um ego proporcional à sua burrice e essa pessoa é o treinador,este jogo era para ganhar e mais nada,demos oportunidade aos adversários que olhando para um empate do Benfica novamente com uma equipa das mais fracas(Arouca,Belém,Gil... Tudo colossos) tem muito tempo para recuperar .

    ResponderEliminar