Tradução (Translate)

sexta-feira, 21 de março de 2014

JESUS TINHA RAZÃO!


Jorge Jesus afirmava logo após o jogo com o Nacional, que basta um resultado menos positivo, para toda a gente colocar tudo em causa no Benfica... e não é que tinha razão!
Treinar ou jogar no Benfica não é para todos, ainda para mais com a comunicação social portuguesa, sempre pronta para transformar um empate do Benfica, numa derrota preocupante... foi precisamente o que aconteceu com este empate com o Tottenham, em que ninguém questionou a lamentável atitude do calimero do treinador inglês, em que ninguém relembrou que até ao primeiro golo dos Spurs, por volta do minuto 78, o Benfica dominava completamente a partida com uma exibição segura dos seus suplentes, em que ninguém teve a decência de afirmar que a mera felicidade dos ingleses marcarem dois golos em um minuto não passou disso mesmo, mera felicidade de uma equipa com grandíssimos jogadores e que investiu mais de 130M€ esta época e infelizmente ninguém teve a coragem de dizer que quando o Benfica se viu inesperadamente a perder, reagiu como uma grande equipa e ainda conseguiu evitar a derrota com o golo de Lima... nas teorias da desgraça, muitos vão até mais longe, afirmando que este será o principio do fim, da queda de joelhos do Benfica... sinceramente, da comunicação social já espero tudo, agora de adeptos que se dizem benfiquistas, muito me surpreendem!
Enfim, entre reservados, tottas e joelhos, venha o diabo e escolha, pois o Benfica lá terá de ir desencantar forças para se sagrar campeão nacional contra tudo e todos, incluindo os calimeros blogueiros que por ai andam constantemente a desestabilizar e a falar mal de tudo e de todos do Benfica, a esses iremos responder lá mais para o fim da época... só imagino o que irá ser dito e escrito se o Benfica empatar ou perder um jogo para o campeonato nacional ou para a Taça de Portugal... vai ser o fim do mundo!
Enquanto isso, hoje temos sorteio da Liga Europa, veremos quem nos sai na rifa, AZ Alkmaar ou Basileia era perfeito...

8 comentários:

  1. Surpreendido? Eu não estou nada com tantos antis que espalham a divisão entre os adeptos do Benfica criticando toda gente agora aproveitam para dizer, "o que é que eu disse?". JJ e Vieira RUA, Já!
    O que eles querem é ter razão mesmo que o Benfica perca. Uns não são benfiquistas os outros passam-se por benfiquistas.

    .

    ResponderEliminar
  2. Hoje de manhã na TSF, seguindo-se aos elogios aquela equipa maravilha que empatou em Itália (estiveram muito perto de ser eliminados e muitissimo perto de irem a prolongamento), dizem com o maior desplante que o Benfica esteve muito perto de ter de ir a prolongamento (nunca estivemos nessa situação, mas que interessa isso).
    A capa do papa croquetes repete exactamente o mesmo. O conluio já nem dá para disfarçar. Não vão lá a bem, já cheira mal. É começar a maltratá-los como fazem os corruptos. Amocham e não piam.
    Os benfiquistas que alinham nisto são tão Benfiquistas como o Pinto da Costa. Pelo que lhes dedico a mesma atenção!

    ResponderEliminar
  3. Primeiro criticavam o Jesus por ele dizer que não estava nada resolvido, agora criticam por ele ter razão, eu também queria jogar bem e fazer 4/5 golos, mas estamos inseridos em 4 competições e temos que dosear o esforço.

    ResponderEliminar
  4. Absolutamente de acordo, parabéns.

    ResponderEliminar
  5. PAPOILAS TINHA RAZÃO: E foi Az Alkmaar! O resto, aos anti tudo, é deixá-los pousar!

    Cumprimentos Benfiquistas

    ResponderEliminar
  6. À atenção do anónimo de sexta-feira: qual pinto, qual cara&$o! um costa é sempre um porco!

    ResponderEliminar
  7. Mas quê tinha de ser o Jesus a dizer isto pra nos apercebermos? Dasss eu as vezes acho q andamos todos a dormir, mas agora acho que se calhar é mesmo a hibernar. Curto passar por aqui diariamente sobretudo e acima de tudo porque ja me apercebi que tas a ser alvo de pressões. Excelente trabalho aqui fazes... Não sei ás vezes acho que vale a pena o incentivo dum mero anonimo... Há muitos que não andam a dormir, nem que seja no silêncio.

    ResponderEliminar