Tradução (Translate)

terça-feira, 4 de março de 2014

UM EXEMPLO DE PROFISSIONALISMO BACOCO!


E na tentativa de justificar o injustificável, o jornal Record desenterrou uma imagem sem qualidade, digna dos inícios de partilha de imagens na internet e colocou, imaginem, um botão vermelho nos pés de Oblak, um botão azul nos pés de Tiago Caeiro, outro botão azul na cabeça de um jogador do Benfica, desculpem, ao lado dos pés de Kay e tenta com isso provar que Kay não estava no raio de visão do guarda-redes do Benfica, acabando por mostrar e provar exactamente o oposto... fico parvo dos olhos!
Enfim... mas a observação que pretendo dar relevo é a introdução da notícia... "O golo anulado ao Belenenses no jogo com o Benfica ainda faz correr muita tinta. Durante o dia, circularam nas redes sociais imagens que pretendem mostrar que o posicionamento de Kay, bem à frente da linha defensiva dos encarnados, interferiu no lance, pois teria impedido Oblak de ver a bola partir no momento do remate de Tiago Caeiro."... mas os jornalistas do jornal Record não têm mais nada que fazer do que andar nas redes sociais a ver o que os benfiquistas... que pelos visto sabem fazer melhores arranjos gráficos que os profissionais do Record... andam a fazer durante o dia nas redes sociais!!!
Que os jornalistas da treta andam a espiar a Gloriosasfera, não tenho dúvidas disso, mas fazerem uma notícia a desmentir o que se diz nas redes sociais... bem, o blog das Papoilas está estupefacto com tamanho profissionalismo do jornal Record, supostamente um dos líderes dos jornais desportivos de Portugal... isto só confirma o que eu tenho vindo a dizer, são fracos, tendenciosos, pouco profissionais e sem um pingo de vergonha na cara!

12 comentários:

  1. tanta conversa para justificar o injustificável
    mais 2 pontos sujos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo nós até vos oferecemos os dois pontos se quiserem até repetimos o jogo mas agradeço que devolvam os dois que nos tiraram na primeira volta.
      Agradeço que devolvam também os pênaltis fora do campo e foras do jogo do montero contra o Benfica em Alvalade.
      Amigo gostava de estar aqui nesta conversa contigo mas temos um campeonato para ganhar limpinho!

      Eliminar
  2. Se não foram os blogs a fazer a defesa do Benfica ninguem a faz porque a comunicação social portuguesa está toda vendida não escapa nem um , por isso há que malhar por aqueles cornos abaixo.
    Um abraço e Benfica sempre..

    ResponderEliminar
  3. Atitude exemplar deste blog, que perante uma jogada de interpretação no mínimo duvidosa, para não dizer tendenciosa por parte da comunicação social, optou por defender o Benfica, ao contrário de muitos blogs benfiquistas que por ai andam. Era assim que deveria ser em todos os blogs benfiquistas, porque esta jogada perante as regras do fora do jogo pode ser interpretada como um fora de jogo limpinho.
    A velocidade que alguns defendem um posição contra o Benfica, faz-me interrogar sobre muitas coisas.
    Continuem o bom trabalho.

    ResponderEliminar
  4. Já vi e revi o lance do golo, bem invalidado, e mantenho a mesma convicção desde a primeira repetição: o Kay, penso, dá um salto para o lado antes do remate do colega. Por isso é fora-de-jogo!
    Esta é mais uma táctica que surge como tem sido "praxe" nos anos em que o Benfica é campeão ou está lá perto: um lance que deixe dúvidas e que dê para discutir o resto da época, e o Benfica é levado ao colo.
    O lagartedo fala em roubo, mas quando foi contra o mesmo belenenses que "ganharam" um penalty fora das quatro linhas, já não choraram com os colegas de Belém. Sabem muito...
    Outra coisa que o lagartedo fala e chora, é que eles são sempre roubados todos os anos e que merecem ser campeões, mas naqueles 4 anos do projeto Roquette não se importaram de serem 2ºs e roubados contra os amigos tripeiros. Os lagartos são uma raça muito "diferente"!
    Ali para os lados do lumiar, vai uma onda de azia que faz-os chorar!

    Obrigado e Saudações!

    ResponderEliminar
  5. Estas são as regras escritas pela FIFA:

    "- Preventing an opponent from playing or being able to play the ball, by clearly obstructing the goalkeeper´s line of vision or movement.
    - Making a gesture or movement which, in the opinion of the referee, deceives or distracts an opponent."

    O que diz é que não é apenas a linha de visão que obstrui mas também o facto do jogador estar a distrair um oponente, neste caso o guarda redes Oblak e os defesas do Benfica durante tos o lance.
    Para além disso deixa ao árbitro e respectivo fiscal a interpretação dos lances. O que ele fez e bem neste caso.


    ResponderEliminar
  6. O grande problema é esse mesmo, a maioria dos jornalistas que escreve e fala sobre o futebol não sabem a maioria das leis do futebol. Escrevem numa ignorância quase total e apenas seguem a opinião direcionada nos interesses do jornal que representam.
    Hoje em dia existem poucas pessoas que falem sobre os lances com base nas leis e depois fazem a sua interpretação sobre o lance em causa. Podemos não concordar em determinados lances com o analista mas pelo menos reconhecemos que nesses casos a opinião é justificada.
    Em relação aos conselhos de arbitragem que deveriam também ter um ação pedagógica nesta industria do futebol e aproveitarem estes lances de difícil julgamento para elucidarem e ajudar a compreender a decisão dos árbitros, ficam calados e sem nada dizer. Como parece que têm receio de criticar uma decisão arbitral, como se isso fosse um pecado capital.
    Bom carnaval a todos e .... nunca mais chegamos a Maio.

    ResponderEliminar
  7. O posicionamento do Kay na altura do remate do Caeiro é claramente regular e sem interferencia no campo de visão ou acção do Oblak. Seria sim fora de jogo, caso o primeiro remate à entrada da área do jogador do Belenenses fosse em direcção à baliza e não passasse pelo Caeiro, já que nesse momento o Kay encontrava-se na pequena área muito perto do raio de acção do Oblak.

    ResponderEliminar
  8. E hoje lá vai mais uma campanha anti SLB no programa do sr rui santos, tempo extra, aonde vai "abordar" o tema da arbitragem... vai-se esquecer de todas as outras jornadas e deve gastar uma horita com o pretenso fora de jogo do golo anulado ao pastel.. sugiro que convide para o seu programa a maior sumidade em Portugal sobre a lei do fora de jogo, o sr dr montero...
    Já agora gostava que o sr rui santos, o paladino da verdade desportiva, dissesse o que acha do seu clube ir jogar contra outro que é treinado por um candidato a presidente desse seu clube... só mesmo em Portugal, não? E ninguém fala nisto..?

    ResponderEliminar
  9. o facto de não meterem o botão azul no meio das pernas do kay como fizeram para os outros é o suficiente para se perceber as intenções... e indiciador de que eles sabem das leis mas não as querem é interpretar correctamente

    PS: os possíveis benefícios de arbitragem para o Benfica são tão raros que passam logo a dominar a actualidade desportiva...

    ResponderEliminar
  10. Vergonha, é o que posso dizer perante tanta justificação e, pior, tendencionismo da comunicação social!
    Perante tantas tentativas de mostrar e defender as suas teses, pretendem fazer crer que nunca um clube em Portugal ganhou com golos irregurales, penaltis mal marcados, faltas inexistentes...
    Ó senhores jornalistas, ganhem vergonha na cara e façam uma análise ao que se tem passado não só neste campeonato como nos 30 anos passados... Nunca vi tanta conversa com tantos erros ocorridos quando são outros os clubes beneficiados que não o Benfica!
    Quero lá saber se foi ou não fora de jogo... Já perdemos muitas - demasiadas - vezes por erros contra nós e já ganhámos alguns jogos por erros a nosso favor! E o mesmo aconteceu com os outros clubes... Ou não? Tirem as palas e respeitem a vossa Carteira Profissional, que está a ser tão mal tratada e tão pouco respeitada!
    Vão todos para a PTQVP!!!

    ResponderEliminar