Tradução (Translate)

quinta-feira, 22 de maio de 2014

JESUS VISITOU O MUNDO DAS ARTES!

Inauguração da exposição "1961: Ordem e Caos"

A pintora Paula Rego manifestou-se esta quinta-feira "muito feliz" com a presença do treinador de Benfica, Jorge Jesus, na inauguração da exposição "1961: Ordem e Caos", na Casa das Histórias, em Cascais. "O meu clube é o Benfica. O meu avô foi sócio fundador", disse a pintora aos jornalistas, durante uma visita à mostra, que decorreu hoje, ao fim da tarde. A pintora e o treinador do Benfica conversaram animadamente durante largos minutos, no decorrer da inauguração da exposição.

Jorge Jesus disse aos jornalistas que, apesar de não perceber muito de pintura e de não ter uma ligação afetiva à artista, sentiu uma aproximação à atividade de Paula Rego "pela criatividade e pela qualidade". "O futebol também é arte e por isso estou aqui", declarou. O treinador do Benfica foi convidado pelo presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, para a inauguração da exposição, depois de o autarca ter tido conhecimento do interesse de Jorge Jesus, pela obra de Paula Rego. A exposição "1961: Ordem e Caos" mostra, pela primeira vez, a partir de hoje, na Casa das Histórias, obras da artista produzidas no início da carreira. Nesta exposição são também apresentadas obras do marido de Paula Rego, o pintor Victor Willing (1928-1988), e dos artistas Eduardo Batarda e Bartolomeu Cid dos Santos.

Com curadoria de Catarina Alfaro e Leonor de Oliveira, a exposição reúne, pela primeira vez, um vasto conjunto de obras de Paula Rego, produzidas durante as décadas de 1960 e 1970. "1961: Ordem e Caos" ficará no museu até 26 de outubro, congregando pintura, gravura e desenho, e incluirá também um núcleo documental, para reforçar a evocação dos momentos mais marcantes do início do percurso artístico de Paula Rego em Portugal.
in Record


Em relação ao Benfica, Jorge Jesus falou pouco e bem...

2 comentários:

  1. Só espero que os detractores profissionais de JJ - David Borges e Ribeiro Cristóvão - não deturpem esta visita e as reacções aos quadros, como fizeram de forma tão nojenta e negativa às suas palavras sobre um quadro...
    Até tenho medo destas situações!

    ResponderEliminar
  2. Águia, não tenhas medo. Uma das coisas que mais admiro no Jorge Jesus é que ele se está positivamente a cagar para os seus detratores. Ele sabe aquilo que vale e as pessoas confundem isso com arrogância. Falta-lhe um discurso fluído e elegante. Ainda bem que é só isso que lhe falta!

    ResponderEliminar