Tradução (Translate)

segunda-feira, 4 de maio de 2015

MUITA ATENÇÃO... NADA ESTÁ GANHO


Nunca me vou cansar de repetir que é nestas alturas que todo o cuidado é pouco, num meio-ambiente como o do futebol português o Benfica sabe melhor do que qualquer outro clube que só pode relaxar e festejar depois do campeonato estar matematicamente garantido, o FC Porto continua a ser levado ao colo e a imprensa continua a omitir os roubos de igreja nos jogos dos andruptos... Alex Sandro jogou deliberadamente a bola com o braço dentro da grande-área e nada foi assinalado, gostava de saber como é que a SIC Notícias, uma das referências de informação em Portugal, faz um resumo do jogo sem o lance da grande penalidade dentro da área portista... enfim, o cenário continua montado para uma possível queda com estrondo do Benfica, todo o cuidado é pouco e não se pode facilitar em nada contra o Penafiel no Estádio da Luz, ouvir os comentadores desportivos da treta a dar o título garantido para o Benfica deixa-me apreensivo e preocupado, estão a repetir a história do tão conhecido milagre de Vítor Pereira que semanas antes de ganhar pelo FC Porto andou a dizer que o campeonato estava ganho pelo Benfica... cuidado, muito cuidado, já vi este filme!

A azia em cada transmissão desportiva na televisão portuguesa é cada vez mais evidente e revoltante, tudo por culpa de um Benfica competitivo e a lutar em todas as frentes e em todas as modalidades, este fim-de-semana foi mais uma triste exibição dos comentadores da RTP na transmissão da final-four da Taça de Portugal de futsal, se na meia-final contra o Sporting já tinha sido evidente a preferência clubística dos comentadores da treta, na final contra o Fundão a azia era tanta que até se deram ao desplante de ir perguntar aos responsáveis da FPF se o guarda-redes do Benfica deveria ou não ter sido expulso na 1ª parte... cabrões de merda que até me fazem falar mal.
Podia e devia ter visto a final na BTV Premium, mas decidi-me pela RTP só para ter o prazer de sentir a azia a cada golo do Benfica, felizmente temos um treinador nos quadros do clube que para lá de ser um grandíssimo treinador de futsal, caga classe sempre que diz alguma coisa e tanto na meia-final como na final conquistada arrasou o jornalista lagarto que continua, como muitos, em estado de negação, é bom que se habituem que o Benfica veio para ficar, ou muito me engano ou num prazo muito curto vai haver uma revolução nos respectivos quadros desportivos da comunicação social portuguesa... veremos.

O professor Jardim está outra vez com a corda na garganta, o Benfica está demasiado próximo de perder o campeonato nacional de voleibol para a Fonte do Bastardo, as lesões e o desgaste da temporada não podem explicar as exibições menos conseguidas da equipa nos jogos da final contra a equipa açoriana, o Benfica tem obrigatoriamente de vencer as duas próximas partidas para se sagrar campeão nacional... acordem para a vida rapazes que já se faz tarde!

3 comentários:

  1. Bem o dizes... estão a fazer de tudo para fazer o Benfica cair outra vez.

    A verdade é que vamos ter três jogos muito difíceis por causa deste circo que montam... até já estou a ver o mesmo que em 2013: tanto falam em colinho que eles é ganhar jogos atrás de jogos graças às arbitragens... se bem que ontem foi mais graças ao facto de ser um jogo super amigável para eles.

    Vamos lá Benfica: o próximo jogo é para ganhar e depois logo se pensa em Guimarães. Será feita uma pressão enorme antes desse jogo, mas nada de novo...

    ResponderEliminar
  2. Acredito que o Benfica tenha aprendido... Não é à toa que JJ diz que não entram em euforias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter aprendido não é sinal de que se consiga fazer desta vez. Quando jogamos contra uma equipa de futebol, uma de arbitragem e toda uma CS, é complicado.

      E essa das euforias e tal... isso é tudo invenção da CS... porque os outros é que dizem que ganham e são bons... os nossos festejam uma vitória e são muita maus e convencidos e tal... lá está... é uma dualidade de critérios do caraças.

      Aliás... cá em Portugal é o único país onde o primeiro lugar está mais pressionado que o segundo.

      Eliminar