Tradução (Translate)

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

É PARA O LADO QUE O BENFICA DORME MELHOR

Podemos tratar a notícia de hoje do Garay como um dois em um, primeiro serve para o Real Madrid pressionar o TAS na decisão que está prestes a sair em relação ao processo levantado pelos espanhóis ao Benfica e segundo serve em Portugal como cortina de fumo para desviar as atenções do que se vai hoje passar na Assembleia Geral do Sporting... vou aqui deixar ambas as notícias para mais uma vez demonstrar que o nome do Benfica serve para muita coisa, o que não muda é a realidade que é só uma... o tempo irá colocar as coisas no seu devido lugar.
____
Ricardo Schlieper, antigo agente de Garay que causou polémica a dizer que o Benfica recusou uma oferta de 20 milhões de euros do Bayern Munique pelo central argentino, disse há apenas 12 dias que tinha sido o próprio jogador a recusar o clube bávaro.
No dia 19 de setembro, e através da sua conta de Twitter, Schlieper escreveu em dois posts consecutivos: "Meios [de comunicação social] de Portugal citam uma declaração minha a favor do Benfica no caso Garay-Zenit-Real Madrid. A tal declaração não é certa. O que é certo é que existia um interesse por um valor superior da parte do Bayern que o jogador recusou."


O certo é que Garay acabou por mudar-se para o Zenit por 6 milhões de euros em 2014, valor que Benfica e Real Madrid dividiram em partes iguais. O clube merengue apresentou uma queixa no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) porque sente que o valor de mercado do internacional argentino era bem superior.
in Record
____
A Sporting SAD deverá decidir esta sexta-feira em assembleia-geral a entrada de dinheiro fresco no montante de 44 milhões de euros para evitar a falência, dos quais 18 milhões serão através de um aumento de capital e 26 milhões por via de suprimentos provenientes das mais-valias geradas pela venda de João Mário ao Inter de Milão e de Slimani ao Leicester, apurou o JN junto de fontes da SAD.

Estas duas operações terão de ser feitas obrigatoriamente durante este ano desportivo e sem as quais o Sporting será forçado a dissolver a sociedade anónima desportiva com efeitos nefastos para todos os acionistas, começando pelo próprio Sporting, que detém no total 64% da sociedade, da Holdimo, a empresa do angolano Álvaro Sobrinho, com 30%, e da Olivedesportos (3%).

A SAD do Sporting será obrigada a aumentar o seu capital social dos atuais 67 milhões de euros para 111 milhões para conseguir ultrapassar a situação prevista no artigo 35.º do Código das Sociedades Comerciais em que o ativo representa a menos de metade do passivo.

A consultora PwC, que certificou as contas da Sporting SAD relativas ao último exercício terminado em junho, chama a atenção que os leões "apresentam um capital próprio negativo" no montante de cerca de 25 milhões de euros, um prejuízo de 31,9 milhões de euros e um passivo corrente superior ao ativo corrente em 79,2 milhões de euros.

Perante esta situação, o Sporting vai fazer um aumento de capital de 18 milhões de euros "a realizar por entradas em dinheiro", sendo que será o presidente Bruno de Carvalho a liderar a operação "junto de investidores de referência selecionados" e sem que os atuais acionistas tenham direitos de preferência, segundo informação fornecida no relatório e contas de 2015/2016.

Fonte próxima dos leões afirmou ao JN que a entrada de novos acionistas está ainda a ser negociada e que o aumento de capital previsto pode não ser feito todo de uma vez, conforme uma autorização dada pela assembleia geral em 2013 ao conselho de administração, que poderá "proceder a um ou mais aumentos do capital social" até ao montante dos 18 milhões de euros.

A mesma fonte explica que o montante de 26 milhões para completar os 44 milhões em falta não será feito com a entrada de dinheiro fresco, mas através de suprimentos das vendas de João Mário e Slimani, que rendeu à SAD 54 milhões de euros já nesta época desportiva.

Esta é uma questão que não parece preocupar a administração liderada por Bruno de Carvalho uma vez que está convicta que, "com linhas orientadoras já anteriormente anunciadas, sustentado e assente no projeto de reestruturação financeira já implementado e tendo em consideração os factos subsequentes", como a venda de jogadores já neste ano desportivo, "permitirão à SAD criar valor, gerar lucros e sair da situação de perda de metade do capital em que se encontra".

3 comentários:

  1. Entretanto os cromos dos lagartos já reagiram à notícia do JN, atirando com o nome do Benfica e do FC Porto para cima da mesa... ou seja, mais do mesmo.
    https://www.facebook.com/comunicacaoSCP/photos/a.1148544235233122.1073741828.1144981228922756/1148541481900064/?type=3&theater

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas neste momento não se passa nada nos jornais desportivos online, nem uma referência à notícia do JN e nem uma referência ao comunicado do SCP no Facebook, é como isto nunca tivesse acontecido!!!

      Eliminar
  2. Notícia da falência da lagartada abafada e para desviar as atenções, toma lá, pela enésima vez, Garay.
    E a notícia veio onde?
    Nos invertebrados do costume, o rasco asco rascord. Uns vendidos a fazer de jornalistas.
    E ainda há Benfiquistas a alimentar esta corja.
    Nem mais um cêntimo... Era para ontem.
    Apelo ao boicote total a estes incertebrados.
    NEM MAIS UM CÊNTIMO.
    Abraço campeão,
    GloriosoBeiraAlta

    ResponderEliminar