Tradução (Translate)

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

INACREDITÁVEL E REVOLTANTE!


A imprensa sempre tão ávida com tudo o que está relacionado com o Benfica não parece muito interessada em mexer muito com o Departamento Médico do Benfica... porque será... esta situação já se está a arrastar faz demasiado tempo e os jogadores do Benfica continuam a cair que nem tordos... começa-me a cheirar a sabotagem, os atletas continuam a demorar demasiado tempo a recuperar das respectivas lesões e quando finalmente recuperam alguns deles voltam para lá dias depois com recaídas inexplicáveis, semanalmente continuam a se lesionar jogadores atrás de jogadores e já se sabe que quem entra no Departamento Médico do Benfica corre sérios riscos de lá não sair tão cedo!

Já faz anos que falo nisto, o Departamento Médico do Benfica transformou dois braços partidos em casos graves em que os jogadores Luisão e Salvio têm de jogar para sempre com 'próteses/protecções' nos braços, acabaram de foder o Jonas depois de realizar uma pequena cirurgia que por norma se recupera com 3 semanas de repouso e a lesão do Rafa, que tal como aqui já tinha escrito sofreu uma recaída, vai pelo mesmo caminho e começa a ser um caso de estudo...

Na temporada passada questionei a lesão do Gaitan que teve 3 ou 4 recaídas da mesma lesão e agora temos a lesão do Jardel que é outro mistério... enfim, dizem que é azar mas isto de azar não tem nada... aliás, esta notícia de que o Jonas só volta a jogar em Janeiro do próximo ano começa a cheirar mal, espero que o atleta não esteja com a carreira em perigo, é que depois do Mantorras já acredito em tudo e as coisas que tenho ouvido não são animadoras... continuo a aguardar por esclarecimentos oficiais do Benfica e o azar não pode nem deve servir para justificar a incompetência de um Departamento Médico que é hoje em dia mais problema que solução e é bom que todos tenham a noção que este problema é bem real, não é nenhuma especulação.

21 comentários:

  1. É possível que o departamento médico do Benfica seja débil e pouco preparado. Já sabemos que em Portugal nem sempre os melhores e mais capazes chegam a lugares de destaque. Funciona tudo numa lógica relacional: alguém conhece um médico porreiro que tem um discurso cativante e joga golf no mesmo clube de alguém ligado à direção. Esta história é fictícia mas podia ser bem a razão que levou esses incompetentes ao Benfica. São fracos, maus profissionais e um case study no mundo do futebol. Não fosse o plantel de luxo e o nosso clube já estava arrumado. Quem não se lembra do Guardiola no Bayern com meia equipa lesionada? O que aconteceu?

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente, confirmam-se as informações e fico contente em que isso comece a transparecer para os jornais para funcionar como força de pressão para erradicar as estruturas amadoras e profissionais que vão limitando a ascensão desportiva do nosso clube.

    Quando recebi as SMS, a minha alma benfiquista queria verdadeiramente acreditar que tudo não passava de uma histeria coletiva, uma tentativa de catarse justificada por todos querermos o melhor para o nosso clube. A situação começa a transbordar do circuito interno e, felizmente para nós, serão tomadas medidas, só que não no timing que nós desejaríamos.

    Há constrangimentos que LFV está a ponderar: relações de amizade pessoal, situações contratuais, etc. Já existem empresários com quem temos ótimas relações a telefonar ao Presidente a perguntar o que se passa e a demonstrar preocupação com o futuro dos seus jogadores.

    LFV está, de uma forma algo cruel, a compreender que uma instituição enorme como o SLB não pode ser gerida de forma familiar e alicerçada na carolice e filantropia. Terá que tomar decisões colocando amizades em plano secundário. No final da época passada, teve uma oportunidade extraordinária para reestruturar o nosso departamento Médico, pois já lhe tinham chegado aos ouvidos desabafos de alguns jogadores. Só que recuou e a única saída airosa que promoveu, muito a contragosto, foi a aceitação de findar o contrato a tempo inteiro com o dr. João Paulo Almeida que era tão só o nosso melhor ortopedista e que sabia mais a dormir que os outros dois acordados. Alegou motivos familiares. Sugeriu-se o nome do dr. Gonçalo Barradas, um jovem ortopedista já com algum prestígio na Grande Lisboa e que colabora com o Estoril, mas descobriu-se que este está a enfrentar uma dramática acusação por negligência clínica por parte de uma paciente no Hospital da Cruz Vermelha devido a uma artroscopia calamitosa. As portas à sua entrada não estão fechadas, mas um dos nossos médicos, que teve no passado uma desavença com ele, recusa-se à sua cooptação.

    Muito provavelmente, no final de 2016-17, haverá novidades. Não transparecerão imediatamente para os jornais, como é óbvio. Espera-se que mesmo assim, tenhamos oportunidade de festejar títulos.

    Temos algumas pequenas pedras no sapato: João Tralhão, Carlos Lisboa, Hélder Cristóvão. Mas o nosso departamento médico é já um cancro que não se pode metastizar. Só para vocês terem uma pequena noção, num passado muito recente, algumas reabilitações físicas eram conduzidas por estagiários só porque os srs.doutores e srs.enfermeiros estavam a dar consulta nos seus consultórios particulares e auferiam do Benfica como se estivessem presentes. E isso é gravíssimo e sei do que falo.

    Claro que os que já se sentem encurralados tentaram já plantar notícias no órgão do costume ("A Bola"), convictos que o prazo de recuperação do Jonas não é nem nunca será um mês, mas confiam, como charlatões que são, que uma putativa senda de vitórias levará a que os casos caiam no esquecimento dos benfiquistas.

    Jonas, numa perspetiva mais otimista, só regressará em fevereiro. Rafa, em finais de dezembro, inícios do ano. Foram as gotas de água que fizeram extravasar o copo. Mas ainda há mais:
    (CONTINUA)

    ResponderEliminar
  3. (CONTINUAÇÃO)

    a) Mitroglou está a jogar em espírito de sacrifício e abnegação como excelente profissional que é. Com muitas dores.

    b) Habituem-se à ideia de estarmos um mês sem o Gonçalo Guedes. Depois o resto concretizarei quando me atenderem o telefone, fora do horário de expediente.

    c) Se Jimenez tiver que ir a jogo em Belém, fruto destas vicissitudes, jogará infiltrado. Está muito longe da recuperação total, porque uma vez mais, foi descurado o diagnóstico da gravidade da lesão, alegadamente por problemas comunicacionais.

    Como disse ontem, o que me vai sossegando é que o Presidente já não alinha na teoria do azar. Resta saber se o timing que ele escolheu será coadunável com a nossa linha de conquista de títulos.

    PS- E de uma vez por todas, parem com os boatos de que a bactéria do Jonas veio de festas em iates do Júlio César ou idas a banhos em Setúbal, ou processos disciplinares internos ao jogador. Isso é tudo cortina de fumo e ao darem azo a essas imbecilidades, só estão a denegrir a imagem de alguém que honrou a nossa camisola ao zénite da Mística.
    Cumprimentos benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente não é novidade para mim, mas muitos não querem falar nisto, preferem assobiar para o lado... ISTO É GRAVE, MUITO GRAVE.

      Eliminar
    2. Não tem directamente a ver com a questão das lesões mas para compreender os amiguismos e os compadrios que permitem salários do outro mundo, veja-se o exemplo do motorista que traficava droga.
      Não acredito que o artista andasse nesses negócios sem que ninguém dentro dum estádio onde trabalha muita gente desse por isso.
      Com esse exemplo consigo aceitar que nos vários departamentos haja muita gente que não está lá por profissionalismo.
      Rola muita massa!

      Eliminar
    3. No penico das cadeiras coloridas andavam 18 pessoas a traficar drogas, armas de fogo e assaltos à mão armada a residências de idosos ricos. Isto é que é impossível de esconder. O motorista do cavaco silva também foi preso por tráfico com um carro do governoportuguês e os sapos não se queixaram nada. Enfim..

      Eliminar
  4. Questionei o autor deste blog através de email quando este disse num post na semana passada que o Rafa tinha tido uma recaída e agora pelo vistos é verdade.
    Desde já aqui deixo as minhas desculpas, de facto tudo o que por aqui se vai escrevendo vai batendo certo com o passar do tempo, estou curioso para ver se a NOWO sempre vai ser o novo patrocinador do voleibol, andebol, atletismo e Fundação Benfica.

    ResponderEliminar
  5. Post pertinentíssimo e comentários interessantíssimos!...a competência técnica é sempre relegada para segundo plano, nesta espécie de país governado pelo amiguismo e compadrio, dominado pela mediocridade e defendido pela inveja...

    Ninguém com um mínimo de formação médica acredita numa recuperação de meses de uma drenagem de hematoma...

    O que me preocupa são as consequências desportivas: temos um futebol pobrezinho em termos de processos colectivos, que depende muito do talento individual...ora, Jonas faz muita falta à equipa em geral, e em particular ao Mitroglou e ao Pizzi - agora também a Grimaldo e a André Horta...pior: o único jogador do plantel que não está demasiados furos abaixo de Jonas, para aquela posição de segundo avançado, é...Rafa!!!...

    Não posso aceitar que se ponha em causa um tetra para proteger a incompetência de amigos. E acho que nenhum sócio devia aceitar isso...

    Benfiquista Primário

    ResponderEliminar
  6. Isto não é especulação nem nada que se pareça... isto é um PROBLEMA BEM REAL.

    Deixo aqui o histórico de lesões mais significativas do nosso plantel durante estes primeiros meses de 2016/17:

    Ederson - rotura do menisco interno (11 julho a 9 agosto)

    Jardel - estiramento muscular na face posterior da coxa esquerda (9 agosto a 28 agosto e 12 setembro a 15 outubro)

    A.Horta - estiramento muscular na face posterior da coxa direita (1 outubro a ?)

    Danilo - traumatismo da face posterior da perna direita (1 agosto a 4 outubro)

    Samaris - entorse grau II da tibio társica esquerda (14 setembro a 17 outubro)

    Rafa - lesão muscular na face posterior da coxa direita (9 setembro a ?)

    Jonas - status pós-drenagem de volumoso hematoma do pé direito pós traumatismo (11 agosto a 24 agosto e 28 agosto a ?)

    Mitroglou - estiramento miotendinoso na face posterior da coxa esquerda (6 setembro a 16 setembro)

    Raul - entorse do joelho esquerdo com lesão do ligamento lateral interno (4 setembro a 17 outubro)

    Isto são FACTOS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para que saibas o Jardel teve uma lesão em cada perna.

      Eliminar
  7. Já fiquei com o dia estragado crl....

    ResponderEliminar
  8. Bom, mas se tiverem a amabilidade de partilhar e esclarecer, vamos lá a factos, sem contar com Jonas, já que não me parece que ser infectado por uma bactéria seja responsabilidade do dep. médico, mas sim do hospital onde foi operado. O que se passa exactamente com Jardel e Rafa?

    Eu entendo o que dizem, e que me deixa também muito preocupado, mas a facilidade com que os jogadores do Benfica se lesionam não é de estranhar também? A. Almeida sofre um toque no jogo com o Santos e está lesionado há semanas, A. Horta faz um sprint de 40 metros para pressionar e tem um lesão muscular, Samaris lesiona-se num treino, G. Guedes sofre dois toques na quarta e já se fala em lesão para 1 mês, Jardel e Rafa lesões musculares.

    Sou leigo na matéria, e posso estar a passar ao lado do cerne da questão, mas o dep.médico só tem responsabilidade a partir do momento em que os atletas lá entram certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também está bem visto...moral da história: entre equipa técnica e departamento médico, safam-se os jogadores...

      Benfiquista Primário

      Eliminar
    2. A equipa técnica não tem culpa de quem não sabe avaliar o estado fisico dos jogadores e informa que estão em condições para ir a jogo.

      Eliminar
    3. Pois não, Kamikaze, mas tem culpa de não fazer uma preparação digna desse nome, que previna tanto quanto possível o aparecimento de tantas lesões, muitas delas musculares...

      Benfiquista Primário

      Eliminar
    4. Meu caro, esse fenómeno já antecede o Jesus. Não acredito que seja mera coincidência.

      Contudo, talvez até tenham razão quanto à preparação fisica da equipa ser violenta, mas após vários anos com treinadores e métodos diferentes há algo mais para além disso e eu estou virado claramente para as más indicações do departamento médico que por alguma razão falha redondamente.

      Eliminar
  9. Só com esta brincadeira do departamento médico jogamos todos os jogos desfalcadissimos... e dou muito mérito ao Rui Vitória por conseguir fazer contra todos os acontecimentos uma equipa competitiva para todos os jogos. Admiro-o imenso por isso.

    Jonas só em 2017 seria mau demais. A falta que ele faz na equipa é bem notória especialmente em jogos a doer.

    ResponderEliminar
  10. Isso é tudo muito bonito e admito que existam casos de recaídas e recuperações demoradas que sejam culpa dos médicos. Agora isso não pode explicar tudo. A quantidade de lesões que ocorrem não é culpa deles.

    Também não me parece que sejam da preparação fisica porque já no tempo do Judas as lesões sucediam-se e agora no Sporting raramente existem.

    Obviamente que não sei do que será mas devia ser feito algo para se perceber quais poderão ser as razões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece mesmo sabotagem vinda de fora, como alguém aí diz.
      Estamos feitos.


      Eliminar
    2. Parece mesmo sabotagem vinda de fora, como alguém aí diz.
      Estamos feitos.


      Eliminar