Tradução (Translate)

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

E O MUNDO MUDOU...


21 comentários:

  1. Quase tão mau como o porto ganhar o campeonato...

    ResponderEliminar
  2. Se eu fosse cidadão americano votaria na Hillary, não por apoiar as suas ideias mas por voto útil. O Trump é uma caixa de surpresas e o mundo está agora sujeito aos seus devaneios.

    Quando o Bush vem afirmar publicamente que votou em branco está tudo dito...

    ResponderEliminar
  3. No mesmo ano o Brexit e um boneco dos Simpsons vence as eleições dos EUA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Brexit é uma questão mais complexa do que parece.

      A imprensa internacional criticou duramente a saida do Reino Unido da UE, mas vejamos, o RU tem uma das maiores economias a contribuir para o orçamento europeu, possui o segundo maior PIB da UE. Quem sai mais prejudicado? O Reino Unido ou a UE?

      Esta discussão dá muito que falar...

      Eliminar
  4. As políticas de esquerda, perderam em toda a linha, que seja um presságio para a Europa em geral e Portugal em particular.

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é a razão do crescimento da extrema direita. O descontentamento do povo com o sistema politico atual, mas isso parece que ninguém quer saber. É preferivel acreditar que a extrema direita nasce das árvores.

      Eliminar
    2. Concordo com o Kamikaze.

      O sucesso da extrema direita é o falhanço da esquerda, do neoliberalismo, da globalização e do multiculturalismo.

      Manuel Lopes

      Eliminar
    3. Basta olhar para a história do mundo para ver que as politicas extremistas nascem sempre do fracasso de uma outra politica.

      Eliminar
    4. E não se pense que isto não chega até nós... para o ano é já a Le Pen a ganhar em França e depois é o efeito dominó. A própria União Europeia corre grandes riscos de acabar.

      Manuel Lopes

      Eliminar
    5. É praticamente inevitável a vitória da Frente Nacional em França... o Estado Islâmico, o Brexit e a vitória de Trump vieram dar ainda mais força ao movimento. A imigração descontrolada, a austeridade e o desemprego jovem, no fundo os efeitos do neo-liberalismo económico, são problemas reais que estão a ser aproveitados pelos partidos extremistas.

      Nós estamos apenas a referir a extrema direita, mas isto é igual para a extrema esquerda. Em Espanha o Podemos também pode subir ao poder.

      São dois problemas num só. Se por um lado este sistema está a fracassar, por outro há que ter memória do que aconteceu da ultima vez que o extremismo chegou ao poder.

      E por falar em UE, o sr.Juncker anda a brincar com o fogo. O Trump tem o poder de pura e simplesmente acabar com a União Europeia. Quem é o maior exportador da UE? São os EUA (17.1%). É só fechar as portas à Europa e adeus UE... e não se pense que isso é muito dificil, pois o que eles necessitam não se encontra neste continente, já lá vai o tempo em que a Europa era a grande potência económica mundial... hoje em dia há mercados em muito maior crescimento. Particularmente a China que representa já 15% da economia mundial e eu não dou mais de uma década até se tornarem na maior economia do mundo... e logo um país que se relaciona com a Rússia de Putin, com o qual Trump tem boas relações. Atitude pouco racional do presidente da Comissão Europeia.

      Eliminar
  5. O Trump é neste momento o homem mais poderoso do mundo e ainda por cima com o Senado a seu favor, ao contrário do que acontecia com Obama.

    A questão principal que se coloca é: as suas promessas terão sido meras manobras de campanha ou vai mesmo avançar com elas?

    Eu confesso que também não gosto da Hillary, mas seria sem duvida um mal menor. Conheço muito modestamente os Estados Unidos e não fiquei muito surpreendido com esta eleição.

    CONTINUA...

    ResponderEliminar
  6. CONTINUAÇÃO

    Vamos olhar um pouco de estatistica:
    De acordo com a agência Reuters, Trump arrecadou grande apoio em trabalhadores brancos sem licenciatura. Clinton (49%) conseguiu apenas mais 2% de votos entre as mulheres que Trump (47%).

    Clinton teve maior vantagem nos eleitores hispânicos (66%), afro-americanos (89%) e americanos de ascendência asiática (66%). Trump obteve mais 12% de votos que Clinton entre os não-licenciados, especialmente americanos brancos.
    Trump ganhou neste grupo por 31 pontos, e quanto ás mulheres brancas sem licenciatura, venceu com 27 pontos de diferença.

    Nos grandes centros urbanos Hillary venceu. Em Nova Iorque Clinton alcançou 58.7% dos votos enquanto Trump obteve 37.5%. Na Califórnia a diferença foi ainda maior, Clinton conquistou 60.5% dos eleitores enquanto Trump apenas conseguiu 34.4% dos votos.

    Nos estados interiores do país Trump "esmagou" em quase todos eles, apenas Minnesota, Illinois, Novo México e o Colorado preferiram Hillary Clinton.

    ResponderEliminar
  7. As bolsas estão todas em queda.

    ResponderEliminar
  8. Não sei até que ponto o mundo vai mudar.

    ResponderEliminar
  9. Acho que neste momento o mundo está preocupado apenas porque Trump é um desconhecido da politica, é uma incógnita, mas seremos justos com o homem e deixem o gajo fazer o seu trabalho, boneco animado ou não, apalpa gajas ou não, é um rico de 69 anos que tem apenas duas opções de vida, fazer o que os verdadeiros donos da américa lhe mandam fazer e fica lá 8 anos, ou não faz e passa a ser o novo JFK no caso dele passa a ser um DT!

    ResponderEliminar
  10. A explicação da vitória de Trump é simples. Uma boa parte da população americana não está satisfeita com o sistema politico. A Hillary Clinton representa de certa forma o sistema e o Trump representa a mudança.

    Os americanos escolheram (apesar da Hillary no total ter somado mais votos) a mudança. Agora vamos ver o que daqui vai sair.

    ResponderEliminar
  11. Benfica Até Debaixo d'Águaquarta-feira, novembro 09, 2016

    Que o homem não bate bem da cabeça já todos sabemos, mas pelo menos é uma alternativa à "ditadura" neoliberalista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Benfica Até Debaixo d'Águaquarta-feira, novembro 09, 2016

      ...neoliberal.

      Eliminar
  12. Espero que só mude, não acabe...

    Até agora todos os presidentes do país mais poderoso do mundo, melhores ou piores, pelo menos pertenciam à espécie Homo Sapiens...agora com o acesso dos códigos nucleares concedido a este humanóide mentecapto, com uma ervilha a fazer de cérebro e um esquilo a fazer de cabelo, receio o pior.

    A minha única esperança é que os contrapoderes do complexo sistema norte-americano - os que tornaram impossível ao Obama fazer 90% do que queria...- o consigam controlar...

    Benfiquista Primário

    ResponderEliminar
  13. http://geracaobenfica.blogspot.pt/2016/11/era-escrever-sobre-as-eleicoes-nos-eua.html?m=1

    Boa análise do Shadows no blog Geração Benfica.

    Só quem não tem a minima noção do que se está a passar no mundo politicamente e socialmente é que fica surpreendido com a vitória de Trump.

    ResponderEliminar
  14. A grande cartada do Trump no meu ponto de vista foi quando atacou o livre comércio. Logo aí aglomerou um numero grande de cidadãos da "Rust Belt" que cairam no desemprego.

    ResponderEliminar