Tradução (Translate)

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

OFICIAL: COMUNICADO SL BENFICA


Tendo sido notificada do Acórdão proferido pela Secção Profissional do Conselho de Disciplina da FPF, que decidiu julgar parcialmente procedente a acusação ao Presidente do Conselho de Administração da «Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD» (Benfica SAD), Luís Filipe Vieira, por pretensos factos ocorridos após o jogo “Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD / Vitória Futebol Clube – Futebol SAD”, realizado no dia 21 de Agosto de 2016, com a aplicação de uma sanção de suspensão de 60 (sessenta) dias e pena de multa de 3.445,00€ (três mil quatrocentos e quarenta e cinco euros), a Benfica SAD esclarece os seus acionistas, associados do «Sport Lisboa e Benfica» e demais público que:

1 – O Presidente do Conselho de Administração da Benfica SAD irá interpor de imediato recurso deste Acórdão do Conselho de Disciplina da FPF para o Tribunal Arbitral do Desporto, confiando que a anterior jurisprudência desse tribunal superior se confirme e se obtenha a anulação da decisão da Federação Portuguesa de Futebol.

2 – O Acórdão do Conselho de Disciplina da FPF sancionou o Presidente do Conselho de Administração da Benfica SAD em 2 meses de suspensão ainda que dê como não provadas as declarações iniciais que deram origem a este processo disciplinar.

3 – No entendimento da Benfica SAD e do seu Presidente do Conselho de Administração, o Acórdão do Conselho de Disciplina da FPF revela erros graves e notórios na apreciação da prova, valorizando quase em exclusivo o depoimento de uma das testemunhas em detrimento das demais arroladas quer pela própria acusação, quer pela defesa. É ainda inaceitável que a valoração da prova não se tenha detido na razão de ciência sobre a qual as testemunhas depuseram e tenha entrado no domínio da idoneidade das mesmas, ao ponto de considerar impossível (!!) e uma “contradição lógica inultrapassável” a presença de duas testemunhas em simultâneo atrás do Presidente da Benfica SAD numas escadas de acesso ao átrio da tribuna presidencial.  

4 – Notificado do Acórdão do Conselho de Disciplina da FPF, o Presidente do Conselho de Administração da Benfica SAD reitera, agora publicamente, que em nenhum momento proferiu quaisquer expressões injuriosas ou grosseiras, nem mesmo aquela – a única, diga-se – que sustenta a condenação vinda de referir, ou seja, a de que o árbitro do jogo em causa “tinha roubado 3 penaltis ao Benfica na época passada”; confirma tão só que questionou os critérios do Conselho de Arbitragem da FPF que haviam determinado a nomeação de tal árbitro.  

5 – Ainda no entendimento da Benfica SAD e do seu Presidente do Conselho de Administração, o Acórdão do Conselho de Disciplina da FPF desvalorizou de todo – e sem qualquer razão que o fundasse – a circunstância pública e manifesta de o árbitro em causa ter sido reincidente numa atuação infeliz em mais um jogo em que foi interveniente a equipa do SL Benfica (recorda-se: a época passada fora avaliado negativamente com 2,5 e esta época com 7,9 – notas que traduzem em ambos os casos, segundo os critérios objetivos de avaliação, a existência de erros graves com influência no resultado. Assim se justificou a indignação do Presidente do Conselho de Administração da Benfica SAD e a razão exclusiva pela qual questionou o Vogal do Conselho de Arbitragem da FPF sobre o(s) critério(s) da sua nomeação logo na segunda jornada da presente edição da Liga Zon.

6 – O Presidente do Conselho de Administração da Benfica SAD reitera, agora publicamente, que as suas observações foram feitas num espaço reservado, com urbanidade, sem qualquer grosseria ou gestos menos próprios, e fora do espaço público – ao invés do que tem sido conduta dominante nos últimos tempos por parte de outros dirigentes.  

7 – O Presidente do Conselho de Administração da Benfica SAD, ainda que se tenha surpreendido e indignado com uma decisão de suspensão de 2 meses ininteligível e incoerente com outras decisões que têm sido públicas, saúda a celeridade com que a Comissão de Instrutores da LFFP e o Conselho de Disciplina da FPF trataram este processo. Assim sendo, deseja-se com veemência que esse princípio de actuação célere seja aplicado a todos os casos pendentes e para todas as ocorrências e declarações que todos os dias têm sido testemunhadas ou denunciadas na Liga Nos.

8 – Por fim, a Benfica SAD e o seu Presidente do Conselho de Administração aguarda, com a mesma serenidade e urbanidade até hoje invariavelmente demonstradas, que sejam proferidas decisões disciplinares – quaisquer que elas sejam – para as participações que efetuou a 30 de Novembro de 2015 (!!), ao abrigo das quais se denunciaram factos que podem consubstanciar infracções muito graves no plano do atentado à ética desportiva, da ofensa da honra e consideração do Sport Lisboa e Benfica e de vários agentes desportivos intervenientes nas competições profissionais.

Lisboa, 16 de Novembro de 2016

9 comentários:

  1. Esperem sentados...

    proença ri-se

    ResponderEliminar
  2. Os pontos 7 e 8 estão excelentes.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  3. Não vale a pena gastarmos energia nestas palhaçadas.
    Nada está ganho ou perdido, portanto, concentração total no que realmente interessa.

    ResponderEliminar
  4. Aquilo que me apraz dizer sobre todos estes "casos":
    https://4.bp.blogspot.com/-iw0maqGGexk/WC2Ll4iU_TI/AAAAAAAAERU/irpsmsJY_JwAzjrHTjqttGhCZAiQNCbZACLcB/s1600/ideqe.jpg

    ResponderEliminar
  5. Aproveito também para partilhar um excelente post do Redmoon no blog Novo Geração Benfica:
    http://geracaobenfica.blogspot.pt/2016/11/quando-unica-coisa-que-fazem-e-falar-de.html?m=1

    ResponderEliminar
  6. Kamikaze, percebo o que dizes mas não nos devemos calar com esta vergonha.

    ResponderEliminar
  7. Vamos lá ver se todos compreendem o cerne da questão... o que é que nos interessa, a nós benfiquistas, se o BdC sofre ou não uma penalização? Rigorosamente nada. Então porque falamos deste assunto?

    Naturalmente que é uma situação absolutamente lamentável de ambos os lados que deveria ser devidamente penalizada, porque estes acontecimentos não podem continuar a suceder, retiram credibilidade ao futebol português, trazem propaganda negativa ao país e repelem possiveis investidores. Chega a ser insultuoso que estas "personagens" passem impolutas depois do que fizeram e o Vieira seja castigado não se sabe muito bem porquê. No entanto não é a nós, benfiquistas, que nos cabe debater o conflito entre o Sporting e o Arouca visto que não nos diz o minimo respeito. Eu teria vergonha se visse o LFV a cuspir num dirigente de outro clube, mas isso é lá com os sportinguistas. Que fique bem claro que repúdio o que se passou... não é isso que está em causa... só não gosto é que isso seja tomado por assunto respetivo ao Benfica ou até mesmo ao futebol, nem que sirva de mais um degradante reality show nacional. Os lagartos que se preocupem e discutam este assunto do túnel nos seus blogs. Afinal somos benfiquistas ou somos anti-Sporting?

    Quando vejo a imprensa em peso e uma boa parte da população a discutir se foi cuspo ou se foi vapor penso se não estará a sociedade gravemente doente.

    Há quem chame a isto fanatismo e clubite, mas eu chamo a isto atraso civilizacional ... Fanatismo é outra coisa. Ser benfiquista é outra coisa, muito mais profunda. Isto não é defender o Benfica. Isto não é futebol. Isto não é nada.

    Hoje em dia quem tem o poder (neste caso concreto o poder da comunicação) domina tudo e leva consigo um gigantesco "rebanho" (permitam-me a expressão) que cumpre as suas ordens sem disso se aperceber. Os benfiquistas que falam neles, ainda que seja a dizer mal, estão a alinhar na estratégia comunicacional do SCP. É este barulho que depois faz capas de jornal a falar em "guerra entre Benfica e Sporting" quando o Benfica oficialmente não entra neste circo... e é precisamente isso que eles querem, que o Benfica seja levado para a lama juntamente com eles.
    A direção do Benfica está atenta (assim espero) ao que se está a passar do outro lado da segunda circular e assim que algo nos prejudique ou possa prejudicar vai agir no local certo para o fazer.

    Incomoda-me ver tanto benfiquista obcecado (não há outra forma de o dizer) com o Sporting e a dar-lhes a importância que não têm. Estão a ser iguais a eles.

    Desculpem estar a ir contra a maré que a maioria dos benfiquistas navega, mas tenho de alertar para esta realidade.

    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  8. Concordo a 100% com o comentário acima.

    O silêncio é a nossa maior arma, e quando mais se intensificam os ataques mais tenho a certeza que estou no caminho certo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como dizia o antigo filósofo alemão Johann Jacob Engel - "A melhor resposta para a calúnia é o desprezo tácito".

      Eliminar