Tradução (Translate)

domingo, 18 de dezembro de 2016

VITÓRIA MUITO TREMIDA DO BENFICA!



Por muito que custe a Rui Vitória o Luisão já não tem condições para continuar a titular do Benfica, as 'escorregadelas' têm-se multiplicado e o seu companheiro do centro da defesa, Victor Lindelof, tem tido muitas dificuldades a jogar com o velho capitão ao seu lado... Rui Vitória pode e deve replicar o mais rapidamente possível a dupla de centrais da temporada passada com Lindelof no lado direito e Jardel no lado esquerdo do centro da defesa.

Mais uma vez foi evidente que Pizzi não serve para 8, pensava eu que isto já tinha ficado claro na temporada passada, voltar a insistir no erro não faz sentido, o Pizzi deve voltar o mais rápido possível para médio interior direito... ou o Benfica encontra um 8 dentro do plantel ou tem de se reforçar em Janeiro e não, para mim o André Horta também não me convence para a posição, o Benfica necessita de alguém com presença física naquela zona do terreno, algo que tanto o Pizzi como o André Horta não têm nem pouco mais ou menos... pensava eu que na temporada passada tinha ficado claro que tipo de jogador a equipa do Benfica precisa para aquela posição!

Na frente de ataque a equipa com Jimenez e Guedes não tem presença na área e quando tem jogos como este de ataque continuado essa falta de presença ainda se faz sentir mais, foi constrangedor ver o mexicano Jimenez a centrar bolas para o Cervi, Rafa e Guedes... enfim, não consigo perceber como é que o treinador do Benfica entra em campo contra o Estoril com esta dupla, um dia esta brincadeira ainda vai sair muito caro!

Rui Vitória continua a insistir em soluções que foram abandonadas na temporada passada com os resultados que todos conhecemos, foi com a saída do Luisão da equipa que a defesa subiu e muito a sua qualidade de pressionar alto no terreno, foi com a passagem do Pizzi do centro do terreno para médio interior direito que a equipa se equilibrou e foi com a fixação do Mitroglou como ponta de lança apoiado pelo Jonas que o Benfica fez uma 2º volta impressionante na temporada passada... com a recuperação dos lesionados Rui Vitória começa a não ter desculpas para continuar a apostar em soluções que me parecem fora de prazo.

A vitória contra o Estoril foi saborosa mas com um ligeiro trago amargo pela exibição, fica a felicidade pelo regresso de Jonas ao relvado, a classe do brasileiro fez-se imediatamente sentir dentro de campo, com o seu regresso Rui Vitória vai ter de atirar com alguém para o banco de suplentes, aposto que vai ser o Cervi, o pequeno argentino tem sido sempre o primeiro a ser sacrificado nas substituições mesmo quando está a jogar muito melhor que os seus companheiros de equipa, confesso que não estou a gostar da gestão do treinador do Benfica, mas como se costuma dizer, enquanto o Benfica ganhar está tudo bem...

Vamos encher a Luz contra o Rio Ave... o jogo vai ser muito difícil e todo o apoio será pouco para levar o Benfica ao colinho rumo ao 36.

11 comentários:

  1. Jonas reaparece com a classe que lhe é habitual.

    ResponderEliminar
  2. Estive fora do país e como tal apenas tive a oportunidade de ver os highlights. Admito a decisão do Bruno Paixão ao não marcar dois possiveis penaltys, podem ou não ser considerados (parecidos aos que foram reclamados pelos lagartos na jornada passada). Já o terceiro não deixa dúvidas e foi bem marcado pela equipa de arbitragem.

    Uma grande exibição do Moreira impediu que o jogo se tornasse mais fácil, acabando por ser uma vitória pela margem minima mas mais importante foi a conquista de 3 valiosos pontos. Olho com alivio para o regresso do Jonas, é o grande pilar do nosso jogo ofensivo e nos 10 minutos que esteve em campo fez-se notar. Como referi anteriormente não vi o jogo, mas das imagens que vi deu para perceber que o nosso número 10 está aí para as curvas. Só um grande jogador entra desta forma após longos meses de paragem. Há que aproveitar os próximos jogos para lhe dar a ganhar o ritmo competitivo que lhe falta.

    É fundamental dar continuidade a este ciclo vitorioso ao vencer o Rio Ave na quarta-feira. Manter a vantagem para os rivais na pausa natalicia é psicologicamente importante. Cabe aos benfiquistas encher a Luz e ajudar a equipa a alcançar mais uma vitória.

    RUMO AO 36

    ResponderEliminar
  3. Bom dia , Nao sou treinador, mas ontem a ver o jogo disse precisamente o que acabou de
    escrever , foi um jogo muito mau da equipa, sem controle do jogo no meio campo ,e o Luisao , demonstrou que o prazo de validade já acabou como titular e esta a queimar o lindelof , que tem de acorrer em seu socorro o que lhe retira a vontade para fazer o seu lugar, e o rafa ,bem nao entrega uma bola como deve ser,temos de responsabilizar o treinador e mais ninguem ja que tem de se assumir e fazer as escolhas sem olhar a nomes e estatuto.

    ResponderEliminar
  4. Sempre fui e ainda sou apoiante do nosso treinador. Mas começo a ter reservas. Será que Luisão tem direitos adquiridos para ser titular? Ou será que RV não "os" tem no sítio e lhe falta coragem para o tirar da equipa?
    Quanto ao Jimenez penso o mesmo. Que anda o homem a fazer nas laterais? Vai centrar para quem? O lugar dele é na area.
    Foi constrangedor ver o Benfica ontem. Há jogadores inexplicavelmente em baixa de forma.
    E continuam a faltar duas coisas: um número 8 e que RV aproveite ao máximo as potencialidades da equipa. A jogar sempre com os mesmos não vai lá.
    E com o R.Ave vai ser duro. A jogarem assim corremos o risco de passar um Natal aziado. Que o Natal dê mais discernimento aos responsáveis pelo futebol no Benfica é o que eu desejo.

    ResponderEliminar
  5. Também eu tenho sido surpreendido pelas substituições por parte do Rui Vitória (que eu considero um grande treinador e sem dúvida o melhor do nosso futebol). A dupla Guedes-Jimenez é uma réplica da dupla do Leicester Vardy-Slimani, embora estes tenham outra maturidade.
    Essencialmente falta um 8, sempre faltou, o Pizzi foi disfarçando durante algum tempo mas penso que agora está à vista de todos que precisamos de um "tanque de guerra" para esta posição. O Jonas regressou e mostrou que o periodo de pausa competitiva não o abalou (ao contrário do que aconteceu, por exemplo, com o Salvio).

    O jogo de Quarta-Feira contra os vila-condenses é de tripla (1-1-1). Não podemos perder um ponto que seja antes da pausa de Natal.

    Carrega Benfica!!!

    ResponderEliminar
  6. Ontem, contra 1 Estoril q, como é habitual, "comeu a relva", excelente exibição, vitória justíssima da melhor Equipa. Péssima arbitragem, como é habitual, do paixão q, + uma vez, permitiu jogo violento ao Estoril e fez "vista grossa" a, pelo menos, + 2 penaltis a favor do Benfica. Mesmo assim, o Estoril apenas teve 2 oportunidades de golo, já c/ 1 a 0 no placard, uma delas por o jovem (e veloz) Semedo (não, não foi o velho e escorregadio Luisão) se ter atrasado numa saída de 1 pontapé de canto.

    Em relação ao futuro do Benfica há q ter calma pessoal - o comando técnico está bem entregue. Garanto-vos uma coisa - o Benfica q vai iniciar o jogo na Luz contra o Dortmund estará à altura da sua Gloriosa História.

    Há q agradecer a Deus o privilégio de podermos assistir e ajudar o Benfica numa das melhores fazes de toda a sua História - não é por acaso q estamos no 6º lugar do ranking da UEFA; o Benfica respira saúde por todos os poros e mesmo contra adversários super-motivados e arbitragens manhosas consegue vencer como ontem, no Estoril.

    ResponderEliminar
  7. Tenho-me rido de ver e ouvir dragartos a queixar-se de um "sistema lampiónico" apenas imaginado nas suas cabeças. Ver tripeiros a queixar-se das arbitragens é como ver o Kim Jong-Un a falar em democracia.

    O Benfica vai continuar a sua caminhada, ignorando todo o ruido (e bem), rumo ao primeiro tetra.

    PS: O regresso do Jonas é a melhor prenda de Natal que podiam dar aos benfiquistas... mas só terá efeito se vencermos o Rio Ave na quarta.

    ResponderEliminar
  8. Foi precisamente há um ano atrás que se deu o ponto de viragem do Tricampeonato. Em meados de dezembro de 2015 estavamos a 8 pontos do Sporting (tal e qual como agora estão eles de nós) e iamos receber o Rio Ave (tal e qual como na quarta-feira) enquanto o Sporting se deslocava à Madeira para defrontar o União. Chegamos a estar empatados perto do final, Jonas marcou e foi festejar com os adeptos, festejo esse que ficou como imagem de marca e serviu de exemplo para outros festejos na época passada. O jogo acabou 3-1 para nós, com o Jimenez a fechar o marcador já nos instantes finais. O Sporting escorrega então na Madeira. Passamos o Natal a 5 pontos. Já em Janeiro o Tondela vence em Alvalade e ficamos apenas a 2 pontos que se viriam a esfumar e a fazer-nos subir à liderança quando o Mitroglou marca em Alvalade. Nenhum perdeu qualquer ponto até ao fim e acabamos Tricampeões.
    De um momento para o outro tudo muda, portanto, peço calma e concentração a todos os benfiquistas e em especial ao nosso plantel e staff técnico.

    ResponderEliminar
  9. De acordo com tudo, excepto com a questão do 8...Pizzi e Horta são dois excelentes números 8, que queimam linhas com passe em vez de condução da bola, como fazia o Renato. Não vejo que desvantagens isso possa ter - bem pelo contrário: menos desorganização, maior facilidade em recuperar posição, menor esforço físico e, logo, maior discernimento. Só acho que devem jogar os dois, à frente de Fejsa, nos jogos grandes. E ainda temos o Danilo, outro excelente 8, e esse com maior robustez física.

    Mas a questão da dupla de centrais é gritante! Parece que só mesmo o treinador é que ainda não viu...assim como a questão Mitroglou vs Jimenez! Tem que jogar sempre o Mitroglou, o Jimenez é muito mais segundo avançado, como o Guedes e o ...Jonas. Ainda posso perceber se for um jogo fora na Champions, com um tubarão, e a estratégia for o contra-ataque...de resto, Mitroglou é O nove do plantel.

    A outra questão que havia (Salvio) ficou resolvida com a lesão...

    No ano passado, as férias de Natal fizeram um verdadeiro milagre. Agora é ganhar ao Rio Ave e depois esperar um milagre semelhante - de há coisa de um mês para cá, estamos outra vez a jogar mal demais!

    Carrega Benfica, que atrás vem gente (mas claro que não é o Sporting, o Natal está à porta J)

    ResponderEliminar
  10. O jogo contra o Rio Ave será importantissimo. Temos de vencê-lo.

    ResponderEliminar
  11. Depois do homicidio ao embaixador russo na Turquia e do camião que matou dezenas de pessoas em Berlim, hoje é a vez do Lindelöf estar a ser negociado pelo Mourinho para ir para o Manchester United. Não acredito que ele fique para a segunda metade da época (algumas reticências por causa da continuação na Champions League).

    Desta maneira Jardel e Lisandro DEVEM (na minha opinião enquanto adepto) ser os titulares na segunda volta.

    ResponderEliminar