Tradução (Translate)

domingo, 19 de março de 2017

10 ANOS À FRENTE DA CONCORRÊNCIA... A SÉRIO!


Eu acredito sinceramente que o Benfica vai conseguir vencer o tetracampeonato, mas o que se passou ontem em Paços de Ferreira não me surpreendeu, vou fazer um mapa mental para tentar explicar as conclusões que tenho vindo a tirar...

- O Benfica dominava o futebol português e era bicampeão nacional com Jorge Jesus como treinador, Vieira vendia como nunca mas o passivo continuava a aumentar.

- De repente Jorge Jesus sai para o Sporting e tenta de todas as formas destruir o Benfica... o monstro que o Benfica criou virou-se contra o seu criador.

- O FC Porto também aproveitou para espetar a faca e um dos capitães Maxi Pereira com 8 anos de Benfica vai para norte ganhar o que Vieira se recusou e bem a pagar por ele... o Sporting dava uma machadada no coração do Benfica e o FC Porto uma facada nas costas, o Benfica parecia ferido de morte.

- Altura para se escolher um novo treinador... Marco Silva estava mesmo ali à mão de semear, era a vingança perfeita e o desejado pelos benfiquistas mas Vieira escolheu o seu fiel amigo Rui Vitória.

- O novo treinador do Benfica - antes tratado por alguns benfiquistas por Rui Chouriço - chegou ao clube como bom falante, educado e equilibrado, mas logo nos primeiros tempos se viu que a principal característica que teve grande peso na sua contratação era o de ser um bom pau mandado.

- A 'estrutura' achou por bem que a Eusébio Cup se jogue no México a uma altitude absurda uma semana antes do jogo da Supertaça contra o Sporting no Algarve e Vieira aproveitou para vender o Lima por 7M€ para as arábias dias antes do primeiro troféu em disputa... resultado, Mitroglou faz a sua estreia oficial com dois treinos e o Benfica perde a Supertaça para o Sporting de Jesus... o cérebro não está lá, gozavam os lagartos com os benfiquistas!

- Começou o campeonato 2015-2016, os resultados são desastrosos e as exibições desesperantes, o meio-campo é uma cratera e a equipa completamente desequilibrada dentro do terreno de jogo, era evidente que tanto Pizzi como Talisca não tinham nervo para a posição 8 desde a saída de Enzo Perez para o Valência no mercado de Janeiro passado... Ola John e Vítor Andrade eram incompreensivelmente titulares mas nessa mesma temporada acabam emprestados, um para a 2ª Liga Inglesa e o outro acaba a jogar no Guimarães B... enfim, parecia claro que agora a 'estrutura' mandava mais do que devia no alinhamento das equipas titulares do Benfica e inevitavelmente apareceram os primeiros lenços brancos e o posto de Rui Vitória começou a ser colocado em causa.

- Com o Sporting a liderar o campeonato, chega o derbi da Luz e o Benfica leva uma banho de bola e acaba humilhado por 0-3, Jesus dá um banho táctico a Rui Vitória e a claque lagarta passa o jogo a insultar o Benfica e os Benfiquistas em pleno Estádio da Luz... 'Eu Amo o Benfica' foi a resposta que saiu do fundo da alma benfiquista ao minuto 70, algo que jamais irei esquecer e que certamente irei contar aos meus netinhos, foi a única coisa nessa noite negra que me encheu o coração e que me fez chorar de orgulho.

- Entretanto os negócios na SAD corriam como nunca, a campanha publicitária da Emirates no derbi de Lisboa tornou-se viral nas redes sociais... era um sucesso global com origem no Estádio da Luz que atingiu milhões de visualizações em todo o Mundo, na BTV o resultado do jogo passou rapidamente para segundo plano e começou a ser vendida a internacionalização da marca Benfica.

- No Seixal os adeptos benfiquistas mostravam o seu descontentamento e Rui Vitória começou a sentir verdadeiramente o seu lugar em perigo... estava instalado o caos, televisões e jornais só falavam da 'Crise no Benfica'.

- Perante a pressão Rui Vitória alterou o tom de voz e afirmou e bem que ninguém o ia comer de cebolada... encheu o peito, ganhou coragem, olhou para dentro e viu um menino de rastas que lhe alterou o destino... Renato Sanches entrou na equipa como um furacão, uma autêntica força da natureza, atirou com o Pizzi para médio interior direito e tomou conta do meio-campo do Benfica... a cratera desapareceu com a presença do Renato que batia em tudo o que se cruzava no seu caminho... os lagartos sentiram a importância do menino e lançaram uma campanha nunca vista contra um jovem jogador português, mas nada vergou a força da natureza e jogo após jogo o Benfica renasceu das cinzas rumo ao TRInta e cinco...

- Pelo meio o Benfica foi a Alvalade jogar para a Taça de Portugal, Júlio César lesionou-se horas antes do jogo, Samaris foi barbaramente agredido por Slimani e o capitão Luisão acabou com um braço partido... o Benfica foi eliminado no prolongamento como um golo do Slimani mas como consequência desse jogo apareceram na equipa Ederson e Lindelof porque não haviam outros disponíveis... os meninos mostraram a sua raça e agarraram até hoje o lugar com unhas e dentes... estava assim concluída a simbiose perfeita criada pelos deuses e por Rui Vitória que teve como grande mérito a coragem de os meter a jogar.

- O Benfica jogava agora com Lindelof e Jardel no centro da defesa e toda a equipa começou a pressionar com as linhas defensivas muito mais subidas, as fragilidades da lentidão de Luisão deixaram de ser uma realidade na equipa e isto aliado com a força da natureza no meio-campo Renato Sanches e com o equilibrador e inteligente Pizzi a médio-interior direito, o Benfica tornou-se uma equipa verdadeiramente equilibrada, empolgante e carismática.

- O céu tornou-se então o limite para a equipa do Benfica, tudo funcionava bem, apenas nas faixas laterais defensivas se sentiam limitações, André Almeida cumpriu e manteve a titularidade sobre Nelson Semedo até ao fim da temporada e Eliseu fazia o que podia no lado esquerdo mesmo quando a estrutura ofereceu o Grimaldo a Rui Vitória em Janeiro... esta seria uma tendência de gestão de plantel de Rui Vitória que na altura ainda não era perceptível.

- Contra o Bayern Munique o Benfica e os Benfiquistas chegaram a sonhar mas Guardiola viu bem as fragilidades do Benfica, foi pelo lado direito e esquerdo da defesa que o Benfica acabou derrotado, André Almeida e Eliseu foram uns autênticos guerreiros mas as coisas são como são... na altura Nelson Semedo e Grimaldo andaram pelo banco e bancada até ao final da temporada e o Sr. Rui Vitória deixou as primeiras indicações de como seria a gestão do plantel na temporada seguinte.

- O Benfica acabou TRIcampeão ao som do Bailando no Estádio da Luz e vencedor da Taça da Liga com o Hino do Benfica a ecoar por toda a cidade de Coimbra, mas já com Renato Sanches vendido ao Bayern antes do Europeu de França, algo que se veio a revelar mais um erro de palmatória da 'estrutura'... enfim, foi uma temporada inesquecível pelo sofrimento, lágrimas e glória, pelos heróis e pelos deuses que olharam por nós, eu estava presente no Bessa naquele golo do Jonas - por exemplo, ontem em Paços de Ferreira a bola não entrou - mas uma coisa na altura era evidente, com a venda do Renato Sanches o problema da cratera no meio-campo ia voltar, no entanto a 'estrutura' do Benfica tinha um verão inteiro para tratar disso... só que não!

NOVA TEMPORADA 2016/2017...
- Euforia total no Benfica, plantel de sonho diziam os benfiquistas, alguns como eu continuavam desesperadamente a bater na tecla que faltava um 8 para substituir o Renato Sanches no meio-campo, posição fulcral neste Benfica. Pizzi é um fora de série como médio-interior e apenas um bom médio-centro para consumo interno, foi um erro desmanchar algo que tinha funcionado tão bem, o Pizzi equilibrava a equipa e fazia que não houvesse necessidade de mudar a táctica nos grandes jogos, a 'estrutura' e Rui Vitória preferiram querer nos fazer acreditar que era o André Horta o substituto do Renato, quando na realidade o jovem formado no Benfica e resgatado ao Vitória de Setúbal deveria de ser preparado para ser o substituto do Pizzi como médio-interior, seguindo assim a lógica da temporada passada que tão bons resultados nos tinha trazido.

- O Benfica tem um Departamento Médico e de Preparação Física digno das distritais, já disse tudo o que tinha a dizer sobre o assunto, o que é demais enjoa, esta temporada o Benfica ainda não conseguiu fazer um único jogo na máxima força e isso meus caros consócios não é só azar como querem fazer parecer na BTV e afins...

- Em Janeiro Vieira decidiu mais uma vez vender... e vendeu o Gonçalo Guedes dias antes de uma meia-final da Taça da Liga contra o Moreirense com Jonas a voltar de lesão prolongada, Mitroglou lesionado e Raul Jimenez todo ligado e preso por arames, o mexicano jogou 15 minutos e foi para o estaleiro mais 1 mês... para lá disso também recambiou o Danilo dias antes da final-four da Taça da Liga com o Pizzi esgotado fisicamente, com o André Horta lesionado e com o Filipe Augusto ainda por contratar... resultado, mais um troféu a voar e uma derrota humilhante contra o Moreirense do Inácio... isto é o Vieira, timings falhados, 'estrutura' de merda que se acha 10 anos à frente da concorrência!

- Pois bem, os resultados estão à vista de todos, por opção própria, pela força dos jogadores que a 'estrutura' lhe deu e pelas dezenas de lesões que o Benfica tem tido, Rui Vitória quebrou por completo as dinâmicas da temporada passada em que jogava nas alas com um extremo e com um médio-interior, Pizzi foi deslocado para 8, a vaca sagrada Salvio reconquistou a titularidade por decreto, gastaram-se milhões em extremos que andam na bancada e no banco de suplentes e não se investiu a sério num médio-centro... Filipe Augusto com um historial de lesões inacreditável foi a resposta da 'estrutura' nos últimos dias do mercado de transferências de Janeiro para calar os abutres e os resultados estão aí para quem os quiser ver.

- Enfim... toda a simbiose perfeita da temporada passada foi desfeita num pescar de olhos, até no centro da defesa Rui Vitória optou por continuar com o Luisão a titular quando já tem o melhor central a jogar em Portugal Jardel disponível faz meses no banco de suplentes, foram quebradas praticamente todas as rotinas da temporada passada que tão bons resultados deram, a falta de coragem e ao que parece as imposições da 'estrutura' na titularidade de alguns jogadores do Benfica têm levado os benfiquistas à beira de uma ataque de nervos ao ver a equipa em queda livre, aos poucos e com o correr da temporada o Benfica da época passada foi desaparecendo e hoje é já só uma miragem, os jogos das competições europeias foram apenas os primeiros sinais que este Benfica nada tem a ver com o da temporada passada.

Concluindo... termino como comecei, acredito sinceramente que o Benfica vai conseguir vencer o tetracampeonato, mas a revolta que sinto dentro de mim é enorme... os tiros nos pés são constantes e por vezes parecem sabotagem... que a equipa tenha força para se levantar do trambolhão de Paços de Ferreira e dê um banho de bola ao FC Porto no Estádio da Luz... eu lá estarei.

18 comentários:

  1. EKIPA DEIXOU DE JOGAR A BOLA COM A VENDA DO GONÇALO GUEDES KE PODIA SAIR NO FIM DA EPOCA, KE ELE NEM JOGA NO PSG!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Desde que Luisão e Jonas regressaram, a equipa foi-se abaixo. Pode ou não ser coincidência. A venda do Gonçalo, o mais irreverente jogador, foi um tiro monumental no pé.Ter 5/6 pontos de vantagem, num campeonato desnivelado como o nosso, e estar em vias de ser comido, só denota incompetência. Não fizeram marcação rigorosa ás ameaças e choradinhos dos rivais, e agora com a casa arrombada, é que falam.Os reforços de inverno, nem uma oportunidade merecem ter, mesmo face ás lesões intermináveis.
    Adeus Treta,adeus ilusão.

    ResponderEliminar
  3. O Benfica não ganha o campeonato, o rui chouriço não tem mão nem tomates para tirar as vacas sagradas. o Pizzi na direita ajudava a equilibrar o meio campo, e de que maneira, houve oportunidade para resgatar o Enzo Perez em janeiro, mas foi preferível fazer favores ao Mendilhões e ir buscar jogadores ao Rio Ave.
    O Sr. Presidente em vez de precaver-se para as armadilhas que os corruptos estavam a preparar, preferiu andar a fazer road show com os jogadores do Benfica, a partir daí os jogadores deixaram de correr, das duas uma, ou sentiram que os estavam a forçar a sair, ou foram-lhes prometidas saídas que não aconteceram.
    Em todas as entrevistas nota-se claramente que o Renato Sanches e o Gonçalo Guedes foram forçados a sair, mesmo perdendo dinheiro, o Sanches deveria ficar mais um ou dois anos na equipa principal.
    Desde novembro/dezembro que o Rui Gomes da Silva tem alertado para a inoperância da "estrutura" do Benfica, daí a razão do seu afastamento.
    Nota-se também que o Sálvio e o Luisão jogam sempre por decreto.
    O Jardel não joga, será por causa da renovação/empresário/traffic?
    O campeonato ficou perdido ontem, a equipa do Benfica neste momento não tem estofo para ganhar a este porto (que por sinal é um dos mais fracos destes últimos 4 anos) e os corruptos não perdem mais nenhum ponto até ao fim, nem que tenham que ameaçar/comprar/matar árbitros e equipas adversárias.

    ResponderEliminar
  4. Com esse "desenho" tão minucioso do desempenho da equipa e do seu futebol, em que é que se baseia para acreditar "sinceramente que o Benfica vai conseguir vencer o tetracampeonato"?
    Será que RV vai ter um problema de saúde e o 3º ajudante de roupeiro vai ter de assumir o comando técnico da equipa? Jonas vai ficar com Alzheimer e vai ter de dar o seu lugar ao Manel? Salvio vai ser recrutado para bailarino de um casino lá para as pampas e deixar, finalmente, a Europa, passando a equipa a jogar com 11? Luisão vai finalmente receber aquela muleta que encomendou há tempos e um miúdo da formação vai repentinmente ser lançado na equipa? Ou, no global, o Estádio da Luz vai ser visitado por uma comitiva de extraterrestres que vai, de um momento para o outro, por a equipa técnica a orientar treinos e jogos de forma capaz, o departamento médico a fazer coisa com coisa e os jogadores a jogar com força, crença, garra, inteligência, acutilância, eficácia, e a deixarem-se de merdinhas e paneleirices?
    Tanto quanto lhe admiro a crença, critico-lhe a cegueira...
    Saudações Benfiquistas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito no Benfica Tetracampeão porque vejo um FC Porto fraco e sem com qualidade suficiente, mas do FC Porto não falo... falo do Benfica e dos seus erros de palmatória que me entristecem e revoltam.
      Apesar de tudo acredito no Benfica, pode realmente ser cegueira, mas veremos até que ponto o FC Porto também aguenta as deslocações à Luz, a Braga, a Chaves e ao Marítimo.
      Saudações benfiquistas.

      Eliminar
  5. Futebol e modalidades completamente na merda!farto desta estrutura de incompetentes! O meu benfica não é isto...

    ResponderEliminar
  6. O dono deste tasco deve ser benfiquisto, está a precisar de uma visita dos super cabrões, quem sabe seus amigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sr. Carlos Bessa:
      Porque insulta quem escreveu o post?
      Ficar-lhe-ia melhor (se é Benfiquista) contestar, ponto por ponto, os argumentos expostos no post.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Que idiota saloio, ó Carlos.

      Eliminar
  7. Vão para o caralho que vos foda!!

    Inadmissivel perder uma vantagem de 6 pontos em 2 meses e mesmo antes do jogo decisivo com o Porto perder a liderança. Parem de gozar com esta merda. Até aqui fui tolerando toda a porcaria, mas já começa a ser demais. Ou o RV mexe na equipa e a mete novamente a jogar um futebol consistente e assim podermos chegar ao Tetra ou então que se meta no olho da rua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai ui perdemos a liderança antes do Porto jogar, agora empataram e afundaram o Benfica que já está com 10 pontos de atraso. O que mais poderá acontecer? Acordar amanhã com mais 3 pontos de atraso no travesseiro?


      O Indomável

      Eliminar
  8. Corruptos 1 - Setúbal 1

    Afinal estamos, mesmo, "10 anos à frente da concorrência"!

    ResponderEliminar
  9. estive ver o calendario e reparei ke kuase todas ekipas antes de jogarem com o porto jogam com o feirense e tem derrotas antes dos jogos do porto!!!!!

    ResponderEliminar
  10. Delicioso ler alguns comentários depois do portinho ter empatado...

    ResponderEliminar
  11. Mais uma acha para a fogueira:

    Dos n golos em bolas paradas na época passada, esta temos uma miséria de números:

    Os cantos vão batidos em balão, e só o Mitroglou é bom cabeceador. As bolas tensas da época passada, além do Mitroglou tinham o Jardel como possibilidade. Agora é uma tristeza, fazemos mais faltas que remates nos cantos.

    ROC

    ResponderEliminar
  12. Que grande, grande resumo do que se passou no nosso Benfica desde Junho de 2015! Parabéns!

    Subscrevo quase tudo!

    ResponderEliminar