Tradução (Translate)

quarta-feira, 17 de maio de 2017

O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO


Com a conquista do Tetracampeonato por parte do Benfica os dragratos entraram em depressão, começa a ser cada vez mais difícil de enganar os tolos...

Bruno de Carvalho decidiu anunciar a sua retirada do Facebook com um comunicado alucinado e doentio, aproveitou o extenso comunicado para insultar os seus adeptos e dizimar os atletas das modalidades, por esta altura é óbvio o seu desequilíbrio mental... foi triste de se ler, pobre coitado, está completamente perdido a olhar para o Benfica, quer tanto ser igual mas não consegue, apostou tudo nesta época de eleições, investiu o que tinha e o que não tinha para manter a ilusão e cativar votos nas urnas, construiu um pavilhão com dinheiro desviado do fundo de investimento Doyen e assim conseguiu ser reeleito como presidente de SCP... este ataque encapuçado ás modalidades em forma de comunicado é para mim um anunciar de desinvestimento geral nas modalidades, o seu salário milionário está já garantido nos próximos 4 anos, mas o clube está de rastos e sem títulos para alimentar a ilusão.

Pinto da Costa começa  a ser violentamente questionado... os tempos dourados, os tempos que qualquer treinador se arriscava a ser campeão e os tempos que qualquer taco de vassoura dava jogador no Porto acabaram de vez, agora o velho polvo está decrépito e aparentemente sem soluções, já nem a coação e as ameaças são suficientes para vencer, este ano voltaram a ganhar BOLA e o fair-play financeiro está à porta... gosto de ouvir os paineleiros a fazer contas e a ignorar por completo que o FC Porto por esta altura já nem sequer tem as totalidades dos passes dos atletas vendáveis, a gestão corrupta está moribunda, ultrapassada e presa a um passado em que a glória era comprada no calor da noite... os seus adeptos estão perdidos numa encruzilhada e já não sabem o que fazer, estão divididos entre o escorraçar de Pinto da Costa e seus acólitos e o continuar a insistir na fórmula que tantas conquistas lhes deu num passado cada vez mais distante... os próximos tempos no dragão vão ser de guerra civil e quanto mais tempo durar melhor... vai ser giro de se ver.

Do Benfica já todos sabem a minha opinião, o clube tem ainda muito para crescer em Portugal e no Mundo, cada vez mais a impressão que fica é que em Portugal tudo começa a ser pequeno para tanta grandeza, o novo Estádio da Luz começa a ser pequeno e o Marquês de Pombal também foi pequeno para os festejos da conquista do TETRA, o objectivo é agora o P3N7A... o despertar do gigante maior que Portugal chamado Benfica é só o início de um ciclo que se deseja glorioso... brevemente será anunciado o sócio 200 mil e o objectivo terá de continuar a ser os 300 mil sócios, o Benfica tem grandeza para isso e muito mais, está mais do que na hora de quem é benfiquista começar a pensar seriamente em se fazer sócio do Benfica, todos junto seremos ainda mais fortes...
VIVA O BENFICA.

5 comentários:

  1. O Glorioso pode chegar aos 300 mil sócios dentro de 2 anos se neste espaço conseguir chegar às meias-finais da champeons league ou para além :)

    Se dúvidas houvesse que o Benfica é uma marca global, esta noticia tá demais:

    «Filho de Madonna treina no centro de estágios do Benfica. A própria rainha da pop já esteve no Caixa Futebol Campus na companhia de Nuno Gomes, antigo jogador do clube das águias e diretor do centro de estágio.»

    Link noticia: http://www.jn.pt/pessoas/in/interior/filho-de-madonna-treina-no-centro-de-estagios-do-benfica-8485681.html

    ResponderEliminar
  2. Importante agora é ganhar a Taça de Portugal, troféu ganho apenas 2 vezes nos ultimos 20 anos (2004 e 2014). O recente historial na prova deixa muito a desejar para aquilo que é a dimensão do Benfica e é também contra isso que temos de lutar no dia 28 deste mês no mitico e belo Estádio do Jamor.

    ResponderEliminar
  3. Caro Papoila, presumo que faças parte da mesma geração que eu. Uma geração que nasceu, cresceu e viveu sobre os 30 anos de dominio do Porto. Uma geração que amou um Benfica na penúmbra e que ainda assim nunca lhe virou as costas. Afinal era o único Benfica que conheciamos. O Benfica dos Harkness, dos Pringles e dos Escalonas. As memórias do Grande Benfica vitorioso apenas nos eram contadas pelos mais velhos e faziam crescer em nós água na boca mas simultaneamente uma enorme mágoa ao pensar que nunca iriamos vivenciar tantas alegrias e tantas vitórias. Para nós, que pertencemos à geração que viu o nosso Benfica no meio da tabela, que viu o nosso Benfica levar 7 do Vigo, que viu o nosso Benfica ficar arredado da luta pelo titulo antes do natal ano sim ano não, ser TETRACAMPEÃO é um sonho inimaginável há pouco tempo atrás. Eu diria que depois destes anos todos ficámos a conhecer o verdadeiro Benfica (na vertente desportiva), aquele que nos era transmitido pelos mais velhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um orgulho indescritível.
      Saudações.

      Eliminar
    2. Revendo-me inteiramente em todas as palavras, quase que me vieram as lágrimas aos olhos.

      Eliminar