Tradução (Translate)

domingo, 25 de junho de 2017

O RESPEITO POR ALGUMA IMPRENSA JAMAIS SERÁ REPOSTO... PALAVRA DE BENFIQUISTA


Tal como tinha por aqui falado, as coisas vão azedar e muito para os jornalistas de alguns órgãos da comunicação social que se deslocarem ao Estádio da Luz e não só... ontem no treino aberto da equipa de hóquei em patins os jornalistas da TVI sofreram a primeira vaga da revolta benfiquista... não era difícil de prever que tal aconteceria, a família Benfiquista não é parva e não come tudo o que lhes querem enfiar pela goela abaixo... ACABOU o estado de graça para a comunicação social no Estádio da Luz e afins, depois desta silly season nada será como antes, foram ultrapassados todos os limites da decência, o que fizeram e continuam a fazer ao Benfica não tem perdão, a realidade mudou para aquela imprensa que tem servido orgulhosamente de caixa de ressonância às calunias que os Chicos espertos do FC Porto e do Sporting andam a tentar lançar contra o Benfica, alimentado uma mentira que muitos lucros lhes tem dado... SIC, TVI, CMtv, SportTV, RECORD, OJOGO, DN, JN, EXPRESSO, para já são estes, o que já dá para ver a dimensão do esquema... eu quero ver como é que vão dar a volta quando sair cá para fora os e-mails que existem mas que foram vergonhosamente falsificados, vai ser giro de se ver o contorcionismo colectivo!

Ao longo dos anos fomos debatendo por aqui a diferença abismal e parcial de como eram debatidos os assuntos do Benfica e dos nossos rivais em alguns órgão da comunicação social, este verão perante a calunia lançada pelo FC Porto, essa mesma imprensa acima referida decidiu acreditar cegamente num desequilibrado mental que representa um clube que faz pouco mais de 10 anos foi condenado por corrupção, essa mesma imprensa decidiu dar a cara pela causa e decidiu julgar o Benfica na praça pública, uma vergonha que os Benfiquistas jamais esquecerão.
O tempo e a justiça irá repor a verdade, mas o respeito por essa imprensa jamais será reposto... palavra de Benfiquista.

4 comentários:

  1. Tenho-me mantido afastado dos jornais e meios de comunicação por isso basicamente todas as notícias que vou tendo têm sido a partir dos blogues e, como tal, por vezes ando um pouco desinformado, por isso tenho uma pergunta, quando diz que os repórteres sofreram a primeira vaga da revolta no treino aberto do hóquei, o que se passou? Podia dar mais pormenores?

    Desde já, agradeço.

    J.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os adeptos do Benfica convidaram-nos simpaticamente a sair.

      Eliminar
  2. Caro amigo benfiquista e acho muito bem so tenho pena que nao facam o mesmo aos programas da treta e boicotar-mos esses programas comecando pelos comentadores afectos ao nosso clube; passando a comentar so na BTV pelo periodo de tempo ate sair o resultado das investigaçoes. Isso arrazaria com as audiencias de todos e depois veriamos o que faziam os chefes eheheheheh. Abraço benfiquista

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde.
    Como concordo na integra com a exposição que fez, não tenho muito a acrescentar. Apenas que também não vejo os canais portugueses, e que seria motivo para refletir e o Benfica equacionar a saída dos campeonatos em Portugal, este pais não merece este clube, e lembrar como escreveu o jornal a Marca em Paris existem mais adeptos do Benfica do que qualquer outro clube, além disso o facto de ser um mercado maior resultaria em maiores vantagens do ponto de vista financeiro (transmissões televisivas, patrocínios, publicidade, etc.)
    Se custaria ver o Benfica fora de Portugal? sim, custaria mas a situação a que se chegou, só pode ser considerada como o limite, fomos impedidos durante 40 anos de ganhar muitos títulos,tanto no futebol como nas modalidades, como aconteceu agora no hóquei, se acontecesse ao porto ou ao sporting, a comunicação social ainda fazia um auto de fé e queimava alguém na fogueira, mas como é ao contrario e o Benfica é que é prejudicado, a verdade pouco importa e eles até se esquecem de a divulgar.
    Onde é que andam os responsáveis deste país, para atuarem e punir estes casos em mais de 40 anos.

    Renato G. D.

    ResponderEliminar