Tradução (Translate)

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

RUI VITÓRIA VOLTOU À ESTACA ZERO E TEM 15 DIAS PARA PENSAR NA VIDA


Rui Vitória voltou à estaca zero por culpa própria, certamente que todos se lembrarão de como foi a sua entrada desastrosa no Benfica, entre erros disparatados da estrutura no planeamento da pré-temporada até ao futebol deprimente dos primeiros meses de Rui Vitória no clube, o Benfica quase que entrou em ebulição, mas num golpe de asa que será recordado para sempre os astros alinharam-se e com as lesões de longa duração de Luisão e Salvio, Rui Vitória foi obrigado a apostar no jovem Lindelof para o centro da defesa, colocou Pizzi no lugar do Salvio e apostou no Renato Sanches que entrou como um furacão na equipa dando músculo e capacidade de transporte de bola ao meio-campo do Benfica... na defesa a lesão de Luisão em Alvalade revelou-se uma dádiva de Deus e o sector defensivo libertou-se da lentidão do capitão e começou a ter maior capacidade de pressão alta, no meio-campo a colocação de Pizzi a médio-interior equilibrou a equipa... o resto é história, o Benfica em 23 jornadas venceu 22 jogos, a única derrota foi na Luz contra o FC Porto num jogo em que esmagaram a equipa dos corruptos e perderam o desafio por manifesto azar... na Champions League o Benfica exibiu-se ao mais alto nível e pelo meio ainda caiu no esquecimento as quase inexplicáveis titularidades de André Almeida e Eliseu em detrimento de Nélson Semedo e Grimaldo a partir de Janeiro!

Pois bem, com a conquista do Tricampeonato os benfiquistas começaram a acreditar em Rui Vitória, mas na temporada seguinte o treinador começou a dar indícios de uma preocupante regressão nas escolhas da equipa titular pois parecia refém das vacas sagradas do balneário... Luisão e Salvio voltaram à titularidade e Pizzi voltou ao centro do terreno, as exibições da equipa começaram a ser confrangedoras mas o Benfica ia ganhando os jogos com maior ou menor dificuldade, no entanto na Champions League não deu para disfarçar e as duas goleadas sofridas contra Nápoles e Dortmund deixaram a nu os desequilíbrios da equipa e as limitações de alguns jogadores com lugares cativos no onze titular... a família benfiquista estava atenta a ver o que se estava a passar e rapidamente percebeu que aquelas mudanças fizeram regredir e decair as exibições e o equilíbrio da equipa do Benfica... o regresso de Luisão ao centro da defesa, o regresso de Pizzi ao centro do terreno e o regresso de Salvio ao seu lugar cativo desequilibrou a equipa de tal forma que se não tivesse sido a incompetência do Nuno Espírito Santo o FC Porto tinha sido campeão, felizmente o Benfica conquistou o inédito Tetra mas as fraquezas eram já evidentes para todos e os adeptos benfiquistas sabiam-no melhor que ninguém.

No último verão o Sr. Vieira decidiu mais uma vez vender como nunca e voltar a não reforçar a equipa nas posições necessárias, chegaram mais extremos e avançados mas mais uma vez o reforço da defesa e do meio-campo foram descurados por uma estrutura onde já era evidente para todos o emburguesamento da mesma, a afirmação do Sr. Vieira em que disse que o Benfica estava 10 anos à frente da concorrência foi o derradeiro sinal que o trambolhão do Benfica estava mais próximo do que muitos podiam imaginar.

Chegamos ao presente e por culpa própria e não só, Rui Vitória voltou à estaca zero e encontra-se exactamente no mesmo lugar de quando chegou ao Benfica, só que desta vez os astros teimam em não se alinhar, com Luisão e Salvio com mais dois anos nas pernas e com lugares cativos no onze titular e com Pizzi no centro do terreno completamente fora de forma e limitado fisicamente, a equipa está ainda pior do que nos primeiros meses de Rui Vitória no Benfica que por agora vai insistindo cegamente numa fórmula que já deveria de estar ultrapassada... ao não conseguir ver isto e ao não ter coragem para fazer as alterações necessárias para recolocar o Benfica no caminho do sucesso, Rui Vitória vai cavando de forma acelerada a sua própria sepultura... muitos já pedem a demissão do treinador, mas eu continuo a dizer, o problema do Benfica é muito mais profundo do que uma simples troca de treinador, antes disso acontecer é desejável uma limpeza de balneário e só depois uma troca de treinador...

Imaginemos que o Sr. Vieira manda embora o Rui Vitória e contrata, por exemplo, o Ancelotti... o italiano, ou outro qualquer, chegava ao Seixal e deparava-se com Luisão, Salvio e companhia a mandarem no balneário e com o Sr. Vieira a os apresentar como os capitães da equipa e históricos do clube... o Ancelotti ao entrar num balneário novo via-se quase obrigado a dar-lhes a titularidade e o ciclo vicioso recomeçava de novo, daí eu dizer que neste momento uma troca de treinador de pouco ou nada serve, para mim terá de ser o Rui Vitória a ganhar coragem para mudar custe o que custar, começar novamente a apostar nos jovens, recomeçar um novo ciclo no plantel e no final da temporada dispensar quem tem de ser dispensado... os responsáveis do Benfica têm de começar a meter na cabeça que a conquista do Tetra é passado e que os problemas do presente têm de ser resolvidos o mais rápido possível para almejar a uma rápida engrenagem de um novo ciclo.
O tempo é de introspecção, o silêncio nestes 15 dias vale ouro.
Viva o Benfica.

40 comentários:

  1. RV na primeira época sobreviveu do trabalho de JJ e do aparecimento do Renato Sanches. Na 2ªa época contava com um dos melhores GR do mundo, o melhor DD que já passou por Portugal e um central que em Portugal só foi superado por Ricardo Carvalho. Mesmo assim, na 2ªa época perdeu claramente om todas as equipas de mais valias na LC.
    RV é um treinador sem nível para o Benfica. O tempo é de despedimento ou demissão. É deprimente ouvir este não treinador numa conferência de imprensa. Discursos redondos, frases feitas...sempre igual.

    Está na hora de seguir o seu caminho e demonstrar que tem espinha dorsal e que não está agarrado ao lugar. Chega de mediocridade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lembra-te que o JJ só começou a ser treinador quando saiu do Benfica. Os Benfiquistas têm este dom, de ver tudo em negro nas derrotas. Puxa lá pela memória para lembrar como foi o Vieira que defendeu o JJ quando se viam muito posts como o que escreves agora, mas então com outro destinatário.

      Eliminar
    2. Não pah. JJ sempre foi treinador e dos bons. De futebol percebe como poucos. Excepção feita oa ano do Vilas Boas, quando perdeu, perdeu a disputar títulos sempre com qualidade. Houveram época em que perdeu de rajada elementos importantes como (witsel e Javi) e apresentou sempre ideias proprias e, geralmente, bom futebol.

      RV sempre foi fraco. Não há uma equipa de RV que tenha apresentado bom futebol. No Vitória era uma tristeza que dava dó, no Benfica deu seguimento ao trabalho. Viveu do trabalho de JJ. Na primeira época teve a sorte do Salvio se lesionar e teve que apostar no Renato. Na segunda após ter a sorte de Julio César, Luisão e AA, se lesionarem (na epoca anterior o que lhe permitiu lançar...) jogava com Ederson, Semedo e lindelof.
      Fraco, limitado, servil e cobarde é assim o treinador RV. Como homem não sei. Como treinador não passa disto.

      Eliminar
  2. Os apostoleiros da desgraça
    O Benfica empatou ontem e, de imediato, vieram a terreiro os apostoleiros da desgraça. Definitivos, solenes, gesticulando em tom trágico, os demóstenes de bairro apostrofaram: este Benfica está à deriva, perdeu o norte, rua com Vieira e Vitória, contas falsas, reforços evitados. À onda de apostoleiros (não confundir com apóstolos) escaparam muito poucos. Um desses poucos foi o sereno autor ou a serena autora de um texto excelente no blog O Indefectível, consulte neste link aqui (o meu muito obrigado a quem mo sugeriu).
    No roteiro dos apostoleiros há duas coisas a ter em conta: a primeira é a de considerar como desaire total um empate ou uma derrota no campo de um adversário que possui um campo dito de futebol que parece ter saído de uma guerra nuclear; a segunda coisa tem a ver com a concepção de que o destino de equipas como o Benfica, o Sporting e o Porto é o de ganharem sempre, sendo os empates e as derrotas considerados um atentado ao bom senso e à lógica redonda da vida. Esta segunda coisa tem a ver com a permanente desqualificação efectuada pelos críticos de sofá e os treinadores de salão às equipas consideradas pequenas, consideradas como sacos de treino dos considerados grandes da liga. https://oubenficaouracha.blogspot.com/2017/10/os-apostoleiros-da-desgraca.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andas a fazer propaganda ao teu novo blog, eu compreendo mas tem lá calma contigo, não comeces a atacar que tem opiniões diferentes da tua, por aí não vais a lado nenhum, aprende a ouvir e a ler opiniões diferentes da tua e assim pode ser que consigas ganhar o teu espaço na blogosfera.
      Saudações benfiquistas.

      Eliminar
    2. Assino por baixo o comentário do Karl. Oiço quem pensa contrário e ataca o clube, não concordo e não me calo!


      Desilusão
      É este o sentimento que se apoderou de mim nos últimos dias. Podem pensar que é da equipa, do treinador, dos dirigentes ou de qualquer outra pessoa que trabalha no Benfica. Mas não. Estou desiludido com os Benfiquistas nos quais me incluo. Estou desiludido pela facilidade com que 2 directores de comunicação conseguiram pôr em prática um plano tão simples.

      Em termos de arbitragem fizeram o que costumam fazer. Gritaram que o Benfica era o grande beneficiado. Todos os jogos nas primeiras jornadas encontraram erros a favorecer o Benfica. Nessas semanas nunca se falou dos grandes jogos que o Benfica fez. Na Supertaça foi o primeiro golo que era precedido de uma falta. Na primeira jornada foi um golo anulado ao Braga. Na terceira jornada foi o Eliseu. Do futebol que estávamos a praticar nunca se falou.

      Mas o plano não se ficou por aqui. Desde o final da época passada começou a haver uma quantidade de comentários anónimos em fóruns e blogues Benfiquistas sempre com o mesmo discurso. As vendas, o passivo que não desce (mesmo sem o relatório de contas ter saído), a defesa, o número 8, o guarda-redes, o Mitroglou, etc, etc.

      Eu digo que até achei patética essa estratégia, mas eis que de repente, após 4 jogos em que praticamos um grande futebol, empatamos um jogo em Vila do Conde. Bastou isso. Um empate para todo aquele burburinho criado com antecedência dar frutos, e tudo e todos serem postos em causa. Desde aí a equipa joga sobre brasas. No jogo seguinte com o Portimonense a equipa já era assobiada no seu próprio estádio e a partir daí foi uma bola de neve.

      E depois olhamos para os planteis e eu penso. Mas somos mesmo pior que os outros? Um frango do Varela é pior do que um do Casillas? André Almeida é pior que Piccini? Porque é que se fazem contagens dos jogos em que Grimaldo ficou de fora desde que está no Benfica (mesmo a primeira meia época em que ficou de fora por opção) e não se contam os de Coentrão no mesmo período? Por que é que a idade do Luisão incomoda e a de Mathieu não? Ter Fejsa, Samaris e Filipe Augusto não é melhor do que Danilo e mais ninguém ou William e mais ninguém? Pizzi é pior que Battaglia ou Oliver? E se nenhum destes 3 poder jogar, Porto e Sporting têm alternativas mais válidas do que o Benfica para os substituir? Ter 4 ou 5 extremos de qualidade é pior do que ter 2 de qualidade e não ter ninguém para os substituir como acontece com o Porto e Sporting? Ou ter 4 avançados de qualidade é pior do que ter apenas 2/3 como os outros?

      Mas mesmo para os que não pensam como eu tenho uma novidade. Até 1 de Janeiro o mercado não volta a abrir e são estes que temos de segurar. São estes que não podemos deixar cair.

      Quem está a ser fraco no meio disto tudo não são os jogadores, treinadores ou dirigentes. Quem está a ser fraco e comido de cebolada somos nós que não paramos de aumentar o ruído em torno da equipa. Somos nós que estamos a fazer de uma equipa vencedora, uma equipa que duvida de si própria, enquanto outros sem títulos nos últimos anos jogam tranquilos e sem qualquer pressão.

      Eles não vão ganhar sempre, bem pelo contrário. Os problemas mais cedo ou mais tarde vão aparecer. Nós temos é que estar em posição de aproveitarmos esses momentos maus que eles vão ter. Mas para isso temos de voltar a ser Benfica. E para voltarmos a ser Benfica temos de olhar para o nosso símbolo, ler o lema que lá está inscrito e colocá-lo em prática.

      E PLURIBUS UNUM

      Eliminar
    3. EpluribusUnum7 bem me parecia que a culpa é dos benfiquistas como não podia ser de outra maneira, graças a Deus os benfiquistas têm as costas largas, já a direcção que as suas opções estratégicas patéticas não têm culpa nenhuma... coloca uma coisa na cabeça, os benfiquistas pensam pela sua própria cabeça e muito se falou que esta temporada como estava a ser preparada ia dar merda... olha, e não é que deu mesmo!
      Enfim... com que então a culpa é dos benfiquistas, vai lá vai!
      Saudações.

      Eliminar
    4. Debater os problemas do clube não é sinónimo de desunião.

      Eliminar
    5. Caro EpluribusUnum7

      E quanto à nossa Equipa jogar futebol? Que tens a dizer?

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    6. EpluribusUnum7 vc mete os pés pelas mãos. Falta-me já paciência para rebater esses argumentos. Mas sempre lhe digo que aqueles sócios e simpatizantes que criticam o estado do Benfica fazem-no precisamente porque face a tantos ataques dos dragartos, fazem aquilo que a Direcção não fez. Defendem o Benfica e criticam a Direcção porque num momento tão crítico e decisivo...desinveste. SIM, desinveste por mais que neguem. E, sim, temos um plantel desequilibrado e pior que os rivais. Pegue na defesa. Nenhum do plantel do Benfica seria titular nesses rivais.
      E nem falo doutros aspectos. Investir em mais betão enquanto não equilibramos as contas. É o Benfica o Glorioso, cujo foco é o futebol profissional, ou é uma empresa de construção civil, Vieira & filhos, Lda?
      Ou o contrato com a NOS, ou..., ou...
      Falta-me paciência para mais, caro EpluribusUnum7.
      E tire o cavalinho da chuva se pensa que eu e muitos outros nos calaremos.
      Saudações tetrabenfiquistas.

      Eliminar
    7. Epluribusunum, será antes Pedro Guerra? parece o ministro da propaganda do Iraque, em que estavam os americanos a dar-lhe tiros nos pés e ele afirmava que estavam a ganhar a guerra....Santa paciência... nem tanto ao mar nem tanto á terra. Porra, o Benfica está mal e não adianta dizer o contrário. Há que enfrentar a situação de frente, mudar o que tiver de ser mudado e acreditar que vamos ser capazes de dar a volta...mas não queira vir ilibar a direção das responsabilidades que tem, no presente momento que atravessamos... a Direção do Benfica é a principal responsável. Ponto. Agora se desejo a sua exoneração imediata pelo erro de avaliação que eu acho que cometeu, claro que não...mas talvez se tivessem a humildade de reconhecer que cometeram um enorme erro na planificação do plantel actual, talvez, repito talvez os Benfiquista se unissem mais em torno deles e do plantel...Reconhecer o erro por vezes é um exercício de humildade que só nos fica bem.

      Eliminar
    8. Iluminado Karl, eu não sabia que as coisas estavam assim tão bem no BENFICA, de tal forma que apenas o jardim do Eden se lhe podia comparar! Quer dizer: em 8 jogos realizados para a liga, não ganhamos 3.
      Em duas jornadas da CHAMPIONS, duas derrotas, com a agravante de uma ser em casa, e a outra ser por 5-0.
      Para a taça da liga, um empate, com a agravante de ser em casa, e contra o mais directo adversário.
      O que vale a nós BENFIQUISTAS, é que te temos a ti, e á tua vidência, para nos dizeres que as coisas, estão maravilhosas! Eu nem quero pensar se não estivessem!
      Olha, comer gelados com a testa é noutro lado! Agora se acreditas mesmo no que dizes, é porque vives numa realidade paralela, e não é de forma alguma justo, que queiras arrastar para lá, os outros contigo!

      Eliminar
    9. Hugo colocando o estéril ruído dragarto e avençados à parte. É uma irrefutável constatação que a equipa está órfã de ideias, é refém de pernas que não correm, o treinador Rui Vitória, esgotou o seu "portfólio" técnico / táctico e motivacional e a Direcção / Administração estão satisfeitos com o Tetra! Os Benfiquistas não podem estar desiludidos consigo próprios, não é por falta de apoio e sacrifício incondicional à equipa que esta não vence. Neste manancial de conjunturas os menos culpados são os adeptos. "Não tapemos o sol com a peneira"! Urge uma Acção do Clube em prol do PENTA, admito que este ano o futebol a mim pouco diz, no entanto, os Benfiquistas, Sócios e Adeptos do GLORIOSO SLB, merecem, a RAÇA o QUERER e a AMBIÇÃO, que está na génese do Sport Lisboa e Benfica. E PLURIBUS UNUM

      Eliminar
    10. Ou seja, a culpa não é dos jogadores, nem da equipa técnica, nem da estrutura, a culpa é sim dos adeptos, dos adeptos que exigem vitórias e qualidade de jogo, os adeptos é que falham golos, os adeptos é que cometem falhas que levam que que sejam sofridos golos, os adeptos é que metem a jogar vacas sagradas, os adeptos é que metem a equipa a jogar uma desgraça, os adeptos é que vendem tudo o que é bom jogador e não reforçam a equipa.

      Tony Montana

      Eliminar
    11. Para vocês, a culpa é sempre dos benfiquistas. A direção nunca, jamais em tempo algum, comete erros. Eles de vez em quando não acertam. Os adeptos, esses são os verdadeiros demonios a combater. Pagam para sustentar os vicios vieirentos durante todo o ano por amor ao clube e ainda são acusados de serem benfiquistas de maio por criticarem a miseravel gestao desportiva do rei sol, que já mais se parece como os anos bissextos, tal a frequencia. Criticam os "petardeiros" da assembleia, mas sobre o vice-presidente da mesa insultar um sócio nem uma palavra. Tudo lhes é permitido.
      No tempo do damásio e do vale tudo era certinho que aqueles que os criticavam eram uns abutres e garotões.
      Indignam-se quando lhes respondemos mal, mas sempre que criticamos alguma coisa no clube, eles não tardam em insultar. Porque têm uma mentalidade pequenina e tacanha.
      Admito quem defenda o vieira, não admito é quem ofenda quem não defenda o vieira. Esses vermes estão a escarrar na história democrática (palavra que lhes faz comichão) do clube.
      Por fim (e para os irritar ainda mais lol): o Benfica é nosso até morrer!

      Eliminar
  3. Já por aqui tenho defendido que a aposta na formação feita pelo Benfica até agora, é uma aposta incompleta. Temos vendido, à primeira oportunidade, os nossos maiores ativos do Seixal... se queremos uma aposta séria na prata da casa, isto terá de mudar nos próximos anos. Há que fazer um esforço para manter os jogadores até ao seu "pico" de valorização no mercado.

    Mas pior ainda que vender precipitadamente as nossas jovens promessas, é nem sequer olhar para elas. Dou o exemplo da gestão do lado direito da defesa esta temporada... não podiamos ter apostado no Bruno Gaspar ou no Aurélio Buta em vez de trazer o Douglas, que parece nem contar para encher os bidons?
    Banco por banco, sempre era preferivel manter o Pedro Pereira, que andou a treinar com o plantel por vários meses para, à última hora, ser posto de parte.

    PS: Só um pequeno reparo... o Pizzi ganhou a titularidade na posição 8, não por opção técnica, mas por lesão do A.Horta. Era inevitável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixa ver se percebo. Então o mérito do sucesso do Pizzi foi do Horta, por se ter lesionado. A opção técnica foi um engano do treinador. É isso?

      Eliminar
    2. Não foi engano nenhum. O único 8 puro que tinhamos no plantel lesionou-se e o Rui não teve outra alternativa senão recuar o Pizzi. Felizmente acabou por correr bem melhor do que aquilo que muitos previam (incluindo eu). A sua experiência anterior na posição não tinha sido satisfatória... era normal que surgissem dúvidas.

      Eliminar
    3. Mas que sucesso na adaptação do Pizzi? Aquele meio-campo é um buraco, o Pizzi é neste problema mais problema que solução, é mais uma das vacas sagradas que tem que jogar sempre.

      Tony Montana

      Eliminar
    4. Não foi ele, enquanto 8, uma peça importantissima da equipa na época passada? Foi a isso que me referi... no entanto, continuo a achá-lo um jogador bem mais talhado para o ataque do que para a defesa... e, de facto, em jogos que se querem mais defensivos, o Pizzi desaparece.

      Eliminar
  4. Em termos de futebol jogado e do comportamento do Rui Vitória é uma análise que partilho a 100%.

    Não sei a influência no balneário que o Sálvio tem, mas imagino que seja muita.
    Quanto ao Luisão, teve um comportamento vergonhoso quando regressou da lesão e o RV não teve coragem para mudar uma dupla de centrais que funcionava na perfeição. Assim que teve oportunidade RV colocou-o em campo. Ontem chegou a ser patético ver Luisão cair cada vez que fazia um corte.

    O mito do Rui Vitória e do lançamento dos jovens não passa disso mesmo.
    Só lançou os jovens quando não tinha outra hipótese.

    O que parece é que Rui Vitória tem de satisfazer os caprichos das vacas sagradas do plantel e os interesses das negociatas do Vieira.
    Pelo meio vai tentando ganhar uns jogos com os constrangimentos que lhe impõem.
    Não acredito que Rui Vitória não veja qual o problema e as possíveis soluções. Apenas não o deixam ou, pior, não tem coragem para afrontar influências.

    Tem de perceber que é o lugar dele que está em risco e que se já ninguém lhe tira do curriculum os títulos que ganhou, a queda é muito mais rápida do que a ascenção, e a cobardia é a pior linha no curriculum de um treinador.

    António

    ResponderEliminar
  5. Bom dia
    Dizem-se algumas verdades aqui sem ser apóstolos da desgraça...Pizzi está em baixo e não tem substituto?
    Emprestam o A.Horta? E o João que veio de Setúbal quando jogar já não terá qualque ritmo ou motivação.
    Luisão banco de vez em quando - normal, o SLB não mandou o Eusébio embora?
    uma pergunta inocente, compra-se Hermes, Milos, Pedro Pereira, aquele ao Barcelona e joga A.Almeida bom centro campista mas defesa sofrível!!Das maiores exibições que vi a um jogador no meio campo foi A.Almeida na LC quando vinha do banco.
    Benfica sempre

    ResponderEliminar
  6. Excelente resumo do reinado do Mister Fezadas no Benfica, Papoila! Só faltou mencionar o Ederson, que também foi lançado porque o Júlio César se lesionou, e o Nélson Semedo, lançado pela inexistência de outras alternativas, face à saída de Maxi...tanta gente por aí que defende o Mister Fezadas porque papa sem piar o mito de que 'aposta nos jovens'!...

    Onde não te acompanho é na fé em mudanças de fundo por parte do Mister Fezadas...já desperdiçou tantas oportunidades de o fazer! A de ontem foi talvez a mais flagrante: melhor 'desculpa' para mudar que ontem dificilmente volta a aparecer - ou então não, a jogar zero há tantos jogos sucessivos, há 'desculpa' para mudar em todos os jogos...

    De qualquer forma, também acho que nem com as mudanças que muitos queremos no onze isto vai lá...porque o principal problema é colectivo e não é de agora, é desde que contratámos o Mister Fezadas...uma mistura de incompetência dos rivais, um em cada ano; qualidade excepcional de muitas individualidades, que foram disfarçando a pobreza dos processos colectivos; e um pé quente como nunca vi nenhum treinador ter no Benfica permitiram-nos ganhar o tri e o tetra - e estou grato ao Mister Fezadas pelo seu papel em ambos, que o teve. Mas com ambos os rivais fortes e a saída não substituída de demasiadas dessas individualidades excepcionais, o pé quente (ou a garrafinha de água fresca...) já não chega! Nem vai chegar - o Mister Fezadas até pode ter sido o treinador certo na altura certa, mas não é, nunca foi nem nunca será treinador para o Benfica!

    O tempo dele chegou ao fim, ponto final parágrafo. Chega de humilhações permanentes e de um futebolzinho que ofende a história do Benfica. Agora, quando for matematicamente impossível ou no fim da época, não sei. Mas que não pode passar desta época, não pode.


    ResponderEliminar
  7. 15 dias?Já nasceu "torta" esta época!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, vês o que muitos ainda não viram, e outros não querem ver. Aconselho-te é a aprofundades a explicação, para que aqueles que possuem menos agilidade mental, te possam perceber. Eu por acaso percebo-te!

      Eliminar

  8. "Curiosamente, nesta mesma semana, foi finalmente esclarecida uma outra situação, bem mais antiga e que demorou 18-anos-18 a ser explicada pelo seu protagonista, um outro árbitro, José Pratas, a quem coube dirigir em 1992 uma final da Supertaça entre o Benfica e o FC Porto, em Coimbra. O público nas bancadas e os espectadores que seguiram o jogo pela televisão ficaram com a ideia de que José Pratas foi perseguido ao longo do campo pela equipa do FC Porto depois de ter validado um golo ao Benfica, apontado por Isaías. Foi-nos explicado, há 18 anos, que a cena não passara de uma ilusão de óptica. Pratas nunca na vida andara a fugir da equipa do FC Porto e, por essa razão, não havia que advertir disciplinarmente nem expulsar ninguém. José Pratas demorou, demorou mas veio, por fim, esclarecer-nos a todos. “Não foi uma fuga, foi uma reacção natural de quem se sente atacado e ameaçado. Devia ter acabado com o jogo por insubordinação da equipa do FC Porto”, disse a “A Bola” nesta quinta-feira. É capaz de ter razão. E o Benfica, se calhar, devia ter mais uma Supertaça no seu palmarés. "

    ResponderEliminar
  9. O RV tem de prescindir das vacas sagradas para apostar nos jovens.

    Porque o Florentino não começa a ser preparado no plantel A?
    Porque se prescinde do Ruben Dias quando ele estava a jogar bem numa posição carenciada?
    Porque se deixou de contar com o Horta, quando ele fez jogos muito bons no inicio da época passada?
    Porque não se apostou num dos LD's da casa, para contratar um jogador que não entra para as contas do treinador? Só para dizer que se contratou um LD? Ó Rui, não tens ideias próprias?

    Em vez disso, andam jogadores como o Luisão e o Salvio a arrastar-se pelos relvados.

    ResponderEliminar
  10. Alguém no "seu perfeito juízo" acredita que o RV vai resolver alguma coisa?
    É o mesmo que esperar que um elefante suba numa árvore. Ele não sabe (porque se soubesse já o teria feito) nem é capaz.
    Honestamente já estou a convencer-me a não ver bola o resto da época, ainda aceito que percamos a jogar bem, agora jogar zero e perder, santa paciência. O jogo de Basileia deixei de ver aos 2-0, o da Madeira foi um tédio da trampa. Na época do Quique não vi os últimos 9 jogos era demais para a minha beleza, phonixx! Duvido que existam muitas pessoas com coragem de ver o jogo com o United, vai ser um massacre.

    ResponderEliminar
  11. Eu penso que o Luisão neste momento manda mais do que o Rui Vitória e não aceitará ser substituido. Quando regressou da lesão e Lindelf era o titular teve um comportamento vergonhoso. Rui Vitória tem medo de o encostar

    Luisão não se apercebe que acabará por ser odiado pelos benfiquistas. Ao invés de ser lembrado como um jogador de referência que fez praticamente toda a carreira no clube, será lembrado pelas péssimas prestações nos últimos anos e pelo seu mau caracter.
    ´
    Os jogadores tem de saber que tÊm um ocaso e que fatalmente deixarão de ter condições para jogar em equipas de nível alto...

    António

    ResponderEliminar
  12. no golo do maritimo , o julio cesar se sai-se da baliza th apanhado a bola, mas nao fica sempre entre os poste!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho injusta essa critica ao J.Cesar. Foi ele quem nos salvou da derrota. O A.Almeida tem mais culpas no golo. E o que estava a fazer o L.Godinho no momento do lance do penalty? Estava a ver os resultados das autarquicas?

      Eliminar
    2. Quem falhou a marcação ao avançado do Maritimo foi o A.Almeida.

      Custa a acreditar como é possivel ter arrancado a época sem alternativas minimamente crediveis ao A.Almeida, que já de si é pouco credivel.

      Eliminar
  13. Rui Vitória, estou-lhe grato pelos titulos que conquistou com o nosso clube, revelou a sua capacidade de lider de balneário (liderança essa que agora se parece ter esgotado). Mas se não tem mais ideias, se não é capaz de fazer mais, pense se deve continuar no seu, meu, nosso Benfica ou apresentar demissão no final da temporada.

    ResponderEliminar
  14. Rui Chouriço é passado! Acabou o tempo dele!

    ResponderEliminar
  15. caro Papoila,

    concordo a 1000% com tudo o que disse.
    só tenho pena que não haja ninguém na dita estrutura que não veja o óbvio. esta estrutura do nosso clube é INCOMPETENTE, BURRA, PALERMA E BAJULADORA PARA MANTER O TACHO E PENSA QUE NÓS BENFIQUISTAS A SERIO SOMOS TAMBÉM COMO ELES. MAS AÍ É QUE SE ENGANAM. PODEM ILUDIR OS BENFIQUISTAS DESATENTOS, MAS MAIS CEDO OU MAIS TARDE, ESTES VÃO CONSEGUIR DESCOBRI-LHES A CARECA E AÍ SERÁ O SEU FIM. SÓ TENHO MEDO QUE ESSES DESATENTOS DEMOREM MUITO TEMPO A VEREM A REALIDADE A E A VERDADE

    ResponderEliminar
  16. Hugo colocando o estéril ruído dragarto e avençados à parte. É uma irrefutável constatação que a equipa está órfã de ideias, é refém de pernas que não correm, o treinador Rui Vitória, esgotou o seu "portfólio" técnico / táctico e motivacional e a Direcção / Administração estão satisfeitos com o Tetra! Os Benfiquistas não podem estar desiludidos consigo próprios, não é por falta de apoio e sacrifício incondicional à equipa que esta não vence. Neste manancial de conjunturas os menos culpados são os adeptos. "Não tapemos o sol com a peneira"! Urge uma Acção do Clube em prol do PENTA, admito que este ano o futebol a mim pouco diz, no entanto, os Benfiquistas, Sócios e Adeptos do GLORIOSO SLB, merecem, a RAÇA o QUERER e a AMBIÇÃO, que está na génese do Sport Lisboa e Benfica. E PLURIBUS UNUM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta minha "resposta" é dirigida a uma pessoa a qual prezo imenso EPLURIBUSUNUM (HUGO). Ainda acrescento que e reforço, que JUNTOS SOMOS MAIS FORTES. Mas..., se existem problemas (e eles existem) no seio da equipa devem ser analisados e devidamente resolvidos
      CARREGA BENFICA

      Eliminar
    2. Pois é amigo, como muito bem dizes devem ser analisados e resolvidos. Mas como se a superestrutura de encher chouriços, continua a pelejar que está tudo bem?!
      Para eles, não existe problema algum, nós adeptos é que andamos com visões, pois eles são infaliveis e perfeitos! Por outra palavras, infelizmente, não consigo deixar de achar que se quer implementar uma ditadurazeca como quem não quer a coisa, e reduzir os adeptos a um rebanho de carneiros, em que apenas pagam, aplaudem, mas que não têm qualquer opinião. O BENFICA, nunca foi isso! O BENFICA, nunca será isso!

      Eliminar
  17. Um bom carro, faz um bom piloto.
    Com maus carros é que a qualidade do piloto sobressai.

    ResponderEliminar