Tradução (Translate)

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

NOVO CRIME ANUNCIADO NO PORTO CANAL... AGORA VEREMOS COMO AS REACÇÕES VÃO SER PACÍFICAS


Foi anunciado um novo crime por Francisco J. Marques para a próxima semana no Porto Canal... a comunicação social já passou a mensagem com toda a pompa e circunstância com pitadas de felicidade exacerbada e as autoridades ficam assim e mais uma vez a saber o dia, a hora, o local e as pessoas que vão cometer um crime em directo na televisão... mas desta vez não vai haver reacções negativas da FPF, Liga, árbitros, comunicação social e afins, desde que o crime seja contra o Benfica a passividade e o interesse público estão garantidos!

O Departamento de Comunicação do Benfica deu um passo atrás na última segunda-feira no programa Chama Imensa por causa do ultimato dos árbitros, segundo constou na imprensa até o presidente da FPF Fernando Gomes chamou Luís Filipe Vieira e Pinto da Costa para apaziguar o ambiente do futebol português... pois bem, ou muito me engano ou o Benfica voltou a ser comido de cebolada, aliás, o Benfica anda ser comido de cebolada faz já demasiado tempo... na justiça, na comunicação, nos negócios, dentro do terreno de jogo e pelos sabotadores que trabalham no clube.

Começa a ser insustentável manter a postura estadista anunciada por José Marinho e ontem personificada por Luís Filipe Vieira... o "estar acima do ruído e ignorar os medíocres" já não convence ninguém e as consequências dessa postura têm sido desastrosas... parece-me evidente que a comunicação do Benfica tem de mudar de responsáveis pois tem sido batida em todas as frentes, João Malheiro afirmou que a comunicação do Benfica bateu no fundo e sinceramente não anda muito longe da realidade, o Benfica tem falhado nos tempos de reacção, nas formas como reage, na seriedade com que trata os assuntos, até na rescisão do Júlio César a comunicação do Benfica foi um desastre... o jornal Record - sempre o jornal Record com os exclusivos - fez ontem capa de jornal a comunicar o final de carreira de Júlio César, a meio da manhã o Benfica divulgou um vídeo do guardião a despedir-se em lágrimas no balneário, as reacções nas redes-sociais dos ex-companheiros de equipa multiplicaram-se um pouco por todo o mundo, a comunicação social internacional noticiou globalmente o final de carreira do experiente guarda-redes e depois no final do dia a BTV divulgou uma entrevista com o Júlio César a dizer que afinal não tinha acabado a carreira e que foi apenas uma rescisão amigável com o Benfica por já não se sentir útil e motivado... foda-se, sinceramente já nem sei o que dizer, a comunicação do Benfica e tudo o que a rodeia realmente bateu no fundo, não conseguem fazer nada de jeito com cabeça, tronco e membros de forma organizada e profissional... para mim como para cada vez mais benfiquistas, é o fim da linha para o Luís Bernardo e toda a sua equipa de comunicação que trabalha no Benfica paga a peso de ouro, podem ir pregar para outra freguesia, no Benfica já não são bem vindos.

Luís Filipe Vieira tem de acordar para a vida pois infelizmente rodeou-se de gente pouco credível, conflituosa e sem a chama benfiquista que devia de ser regra para trabalhar no Benfica, Luís Filipe Vieira anda mal aconselhado... andam dragartos a mais assalariados no Benfica e as consequências disso têm sido desastrosas, o presidente do Benfica não pode nem deve continuar a defender o indefensável e a proteger a incompetência e a falta de paixão pelo Benfica das pessoas que lá foram colocadas por si... já chega, os benfiquista estão fartos disto... exige-se uma postura presidencial mais incisiva e um departamento de comunicação mais competente.

3 comentários:

  1. O Benfica começou a sua defesa com alguma (não muita) vontade, começou tarde e meio perdido. Na véspera anunciou que ia denunciar o "novo apito dourado." Depressa apareceram os do costume a dizer que: "tinha sido fraquinho" e "sem factos." Muitos benfiquistas foram na conversa e criticaram o programa Chama Imensa. Temos que ser diferentes diziam eles!!! Se ser diferente é ser passivo na defesa do clube, então não quero que sejam diferentes. Para ser diferente já basta o Sporting e olhem bem para ele porque não é grande coisa. Mesmo com benfiquista insatisfeitos pelo programa, mesmo dizendo que não existiam factos, fraquinho e com algumas falhas as reacções foram muitas. Todos passaram a ficar preocupados com o bem estar do futebol português. É preciso ter calma! Se o programa da BTV tinha sido fraco, imaginem se tivessem batido mais forte...! Infelizmente para o Benfica uma das consequências foi a "chama" ter apagado depressa.

    E aí concordo falta competência no Benfica. É preciso mais agressividade na defesa do clube, já chega de ver o Benfica ser atacado e quem tem a obrigação de fazer algo ficar de braços cruzados a ver no que vai dar. É preciso uma mudança!

    Em relação ao Júlio César o que se pode criticar é a confusão criada em parte pela comunicação social. Comecei por ver a notícia na TVI 24 e aí não se falava em fim de carreira mas na despedida do Benfica. Talvez a forma como a despedida foi feita é que gerou toda a confusão. Mais, na mensagem de despedida de Júlio César ele fala nos últimos 3 anos e meio e não de toda uma carreira. É uma questão de interpretação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A comunicação do Benfica teve uma contribuição determinante para a confusão do fim de carreira do Júlio César que afinal era só uma rescisão amigável por não se sentir útil e motivado... a comunicação do clube voltou a falhar, resta é saber se foi propositado ou não!
      Em relação ao resto estamos de acordo.
      Saudações benfiquistas.

      Eliminar
  2. João Malheiro? O gajo mais boçal da TV portuguesa? E ainda falam do Guerra!

    ResponderEliminar