Tradução (Translate)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

CONTINUA O DISCURSO DE ENCHER CHOURIÇOS...

Rui Vitória deu uma entrevista a um canal do Youtube com 3400 subscritores... atenção, nada contra, até percebo que o departamento de comunicação do Benfica esteja a tentar aproximar o treinador dos adeptos... parabéns ao dono do canal pela via aberta que tem para a direcção do Benfica, ficaram por fazer algumas perguntas, mas na globalidade a entrevista até foi bem dirigida e as perguntas muito bem feitas... já o que Rui Vitória disse foi mais do mesmo com o seu discurso banal, desmotivante e repetitivo, quando falou do Jonas ri para não chorar!
Fica a entrevista...

6 comentários:

  1. Acho que o "Conversas" não terá propriamente via aberta, mas é um bom canal de Benfiquismo. Há perguntas até que dificilmente foram validadas pela comunicação do clube. Só se validou nesta altura o pedido é porque...

    ResponderEliminar
  2. Tenho lá paciência para ouvir o tipo porreiraço para o ensopado de enguias arghhh...
    Já nem consigo encará-lo na tv durante os jogos.
    Ainda bem que não vi este último joguito contra os marceneiros pachenches.
    Estive a ver o jogaço do Arsenal (que bem que joga com o Unay Emery!) contra o MU.
    Desculpa lá caro Papoila, mas enquanto não voltar ao Benfica o futebol dinâmico e apaixonante (perdendo e ganhando, claro) que tínhamos antes da entrada do chouriço, dificilmente verei um jogo do Glorioso.
    E não sou menos Benfiquista por isso!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo, só lhe ficava bem apoiar o Benfica incondicionalmente. Eu também não gosto de RV como treinador mas não me passa pela cabeça deixar de viver o meu clube. Suponho que também deixou de ver jogos nos tempos de Artur Jorge, Souness, Quique Flores, etc, etc.

      Eliminar
  3. Óptimo trabalho do entrevistador.
    Parabéns ao Sérgio pelas boas perguntas que fez e que mereciam boas respostas.
    Discurso redondo, a mensagem é sempre igual, rotineira e chata, e RV continua a pensar que pode viver de créditos pelo que fez em épocas passadas, Muita compreensão e muita falta de exigência.
    Uma novidade: Ficámos a saber que "...preferimos fazer golos de bola corrida do que de bola parada e vai haver um tempo para isso…" ?????????????????

    Preocupante é que esta mensagem para fora também passa para a equipa.

    Amanhã vamos defrontar uma belíssima equipa
    muito bem treinada
    muito bem organizada
    que nos vai criar situações difíceis
    que tem estado a fazer um bom trabalho
    ;)


    ResponderEliminar
  4. Mais um escândalo na cagadeira dasjantas...
    Hello Sporting? Hello Sp. Braga? Hello Benfiquistas? Deixem lá o RV, que já cansa, e acordem e discutam medidas e soluções para acabar com esta pouca vergonha e corrupção,!!

    Nem com Guardiola, nem com Klopp éramos campeões!

    ResponderEliminar
  5. Tesourinho mais deprimente que aquilo foi...

    Houve muitas boas perguntas com substância, mas nenhuma resposta que a elas respondesse com a mesma. É natural: se ele não tem substância, vai desencantá-la onde?

    Particularmente revelador foi ele refugiar-se nas estatísticas, um recurso típico de quem não sabe ler e interpretar o jogo, em cada contexto...

    Particularmente deprimente foi, de facto, a passagem sobre o Jonas, Papoila...nem se apercebe do quanto o Jonas disfarça a pobreza de processos colectivos em ataque posicional! Nem se apercebe de quão mais desligado e exterior ainda é o nosso jogo quando ele está fora! Nem se apercebe que é um treinador tão fraco que tem precisado sempre que o Jonas seja 8, 10 e 9 ao mesmo tempo!

    Atente-se bem: o Benfica tem um treinador que acha que o Jonas é só um finalizador, que se limita a pôr a assinatura final no quadro, que não tem papel na construção e criação!!! Isto quando o que caracteriza o Jonas é precisamente não ser só um excelente finalizador, mas precisamente ser tão valioso na construção e criação!! Avançados do Benfica goleadores que também tenham tanta preponderância na construção e criação não houve assim tantos! Eu só me lembro de Jonas e João Vieira Pinto!

    Mas o nosso treinador vê no Jonas um Jardel...um finalizador que não sai da área, só está lá para finalizar o que a equipa cria (o facto da equipa não criar sem Jonas não o atrapalha)! Lá está: como não sabe ver o jogo, olha para as estatísticas, vê muitos golos de ambos e já está!...

    Vergonha, vergonha sem fim à vista.

    ResponderEliminar